Agentes penitenciários aprovam indicativo de greve em assembleia geral

Categoria reivindica melhores condições de trabalho, reajuste salarial, entre outros termos.

20/07/2017 18:36h

Compartilhar no

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi) deflagrou indicativo de greve em assembleia geral realizada na manhã de hoje (20), na sede da entidade. Entre as reivindicações estão: reajuste salarial, pagamento do adicional insalubridade em percentual, reajuste no auxílio alimentação, realização de concurso público, além de promoções e melhores condições de trabalho.

Agentes penitenciários aprovam indicativo de greve em assembleia geral. (Foto: Divulgação/Sinpoljuspi)

Segundo o diretor sindical do Sinpoljuspi, Jefferson Dias, caso o Governo do Estado não aceite a proposta do sindicato, será deliberada uma data para início da greve na categoria, a ser deliberada em nova assembleia geral, que será realizada no dia 25 de agosto. “Nós decidimos na assembleia geral fazer um ofício solicitando para o governador esses pleitos e, se até essa data ele não decidir nada, nós entraremos de greve”, destaca.

Agentes penitenciários aprovam indicativo de greve em assembleia geral. (Foto: Divulgação/Sinpoljuspi)

Durante a assembleia, a categoria também aprovou a extinção dos cargos de monitor Penitenciário e criminólogo Penitenciário e a criação dos cargos de analista em Assistência Penal (Nível Superior) e técnico em Serviços Penais (Nível Médio). “Assim como a mudança na estrutura de classes com a criação de novas classes, como forma de reestruturação de carreira, buscando o incentivo e valorização dos servidores”, disse em nota o Sinpoljuspi.

Contraponto

O Governo do Estado informou, por meio da sua Assessoria de Comunicação, que ainda não recebeu o ofício do Sinpoljuspi com as reivindicações da categoria e destacou que, tão logo seja comunicado, se reunirá com os servidores para negociar os termos solicitados.

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário