Aeronave tem problemas no pouso e é abandonada em Piaracuruca

A aeronave já foi encontrada no chão, com um pedaço da asa quebrada.

02/09/2014 17:57h - Atualizado em 02/09/2014 19:19h

Compartilhar no

Uma aeronave de prefixo PT-DRO foi abandonada na pista de pouso de Piracuruca, a 206 km de Teresina. O bimotor teria passado por problemas na hora da decolagem, por volta das 16h desta terça-feira (02). Os policiais civis do município não conseguiram colher maiores informações, pois não havia ninguém no local.



Segundo o agente Ivo Souza, a aeronave já foi encontrada no chão, com um pedaço da asa quebrada e o trem de pouso danificado. “Não havia nenhuma vítima, nem marcas pelo chão. Estamos aguardando os peritos para investigarem o que houve”, disse o policial.

Testemunhas informaram ao um portal de notícias do município que por volta das 9h um carro modelo F-250 veio aguardar a chegada do bimotor. Ao pousar, havia três pessoas a bordo. Uma delas teria entregue algo ao motorista do veículo e a aeronave tentou decolar novamente.


Foi então que ocorreu uma falha ainda não identificada, obrigando o piloto a retornar à pista. Como não teria conseguido completar o pouso, bateu no chão e depois em alguns cajueiros que estavam na lateral, danificando bastante o bimotor. Em seguida, os ocupantes da aeronave teriam saído sem dar maiores explicações.

A pista de pouso, localizada próximo à BR – 343, na saída para Parnaíba, não é asfaltada e nem fica na área urbana do município. Mas, de acordo com o agente Ivo, ela é legalizada. “Não sabemos se esse avião é de uso particular e nem qual o trajeto que ele fazia”, diz o agente Igo.

De acordo com uma fonte do PortalODIA.com, a aeronave em questão é uma Rockwell Turbo Commander AC690. Trata-se de um avião raro, com grandes qualidades técnicas e de excelente performance.

Contudo, o prefixo PT-DRO, que está gravado no bimotor abandonado na pista de pouso de Piracuruca, define outra aeronave, uma AC500, segundo a matrícula na ANAC. A questão levanta dúvidas quanto à legalidade, já que o prefixo apresentado pode ser falso. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário