Acidente na BR-316: ônibus bate de frente com dois veículos e deixa um morto

Cinco pessoas ficaram feridas. Vítima fatal é uma mulher de 47 anos e o acidente teria sido causado por um motorista que dirigia sob efeito de álcool.

08/09/2020 06:40h - Atualizado em 08/09/2020 07:18h

Compartilhar no

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí (PRF-PI) foi chamada a atender uma ocorrência de um grave acidenteocorrido por volta das 18 horas da noite de ontem (07) na altura do quilômetro 18 da BR-316, próximo ao Rodoanel de Teresina. A colisão foi do tipo frontal e envolveu um ônibus e dois veículos.

Leia também: Homem morre em acidente entre carro e caminhão em Timon 

Uma pessoa acabou morrendo noacidente e há registros de feridos. De acordo com a PRF, a colisão envolveu um carro modelo Renault Clio conduzido por um homem de 28 anos que sofreu lesões leves e transportava como passageiros uma mulher de 34 anos que sofreu lesões graves, e duas crianças, uma de 7 e outra de 8 anos que sofreram lesões graves. O outro veículo envolvido foi um ônibus conduzido por um homem de 38 anos que saiu ileso e que transportava nove passageiros que também escaparam sem nenhum ferimento.


Foto: PRF-PI

O terceiro carro que se envolveu no acidente foi um Gol conduzido por uma mulher 47 anos que morreu no local e que levava uma passageira também de 47 anos que ficou gravemente ferida. De acordo com a PRF, o condutor do Clio testou positivo para ingestão de álcoolsendo preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina por embriaguez ao volante.

“Ficou detectado pelas provas testemunhais de que o motorista do Renault Clio tentou ultrapassagem em local proibido e colidiu frontalmente com o ônibus, que perdeu o controle e bateu no Gol”, relatou o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da PRF.

Por conta do acidente, a rodoviaBR-316 ficou interditada parcialmente das 18h40 às 22h30. A Polícia Civil, o SAMU e os Bombeiros foram acionados para prestar socorro.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla, com informações da PRF-PI

Deixe seu comentário