Esfaqueado oito vezes confrontou terroristas em ataque de Londres

Ele se divertia com os amigos em um pub quando o atentado, reivindicado pelo Estado Islâmico, aconteceu.

06/06/2017 18:01h

Compartilhar no

Um dos sobreviventes ao ataque em Londres no último sábado foi esfaqueado oito vezes durante confronto com terroristas que gritavam "Isto é por Alá", mas não desistiu de lutar. Roy Larner, de 47 anos, foi levado para a UTI do hospital St. Thomas, onde está internado. Ele se divertia com os amigos em um pub quando o atentado, reivindicado pelo Estado Islâmico, aconteceu. Pelo menos sete pessoas morreram e 48 ficaram feridas no episódio.

Durante o ataque, Larner disferiu golpes com os punhos aos terroristas e gritou xingamentos,reafirmando sua bravura ao dizer que era torcedor do time londrino Millwall.

"Eles tinham longas facas e começaram a gritar sobre Alá. Depois ficaram dizendo: 'Islam, Islam, Islam'. Como um idiota, eu gritei de volta para eles", afirmou Larner ao jornal britânico "The Sun". "Dei alguns passos à frente e disse: 'Danem-se vocês, eu sou Millwall'. Então eles começaram a me atacar", acrescentou o torcedor.

Após o episódio, o sobrevivente passou a receber saudações de "Leão da Ponte de Londres", em referência ao símbolo do time de futebol para o qual ele torce. Além disso, seus amigos o presentearam com uma revista que diz "Aprenda a correr" na capa, como forma de ressaltar a coragem que desempenhou ao confrontar o perigo.

Para o tratamento de Larner, familiares e amigos criaram uma campanha de financiamento coletivo que pedia 500 libras. As doações foram arrecadadas rapidamente, contudo, continuaram sendo feitas, e agora o montante ultrapassou 13 mil libras (aproximadamente R$ 55 mil).


Compartilhar no
Fonte: Extra

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas