• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Sanatório Meduna fecha as portas em maio

Depois de 56 anos de funcionamento, o Sanatório Meduna, localizado na zona Norte de Teresina, já tem data para fechar. Alegando não ter mais condições de funcionamento, a direção comunicou ao Ministério Público Estadual que fechará suas portas n

16/01/2010 05:48h

Depois de 56 anos de funcionamento, o Sanatório Meduna, localizado na zona Norte de Teresina, já tem data para fechar. Alegando não ter mais condições de funcionamento, a direção comunicou ao Ministério Público Estadual que fechará suas portas no dia 23 de maio deste ano.

“A direção comunicou que não tem condições de funcionamento. Isso foi uma decisão do próprio hospital e que pegou todos nós de surpresa”, afirmou a promotora do Ministério Público, Cláudia Seabra.
Atualmente, o Meduna, um dos primeiros hospitais psiquiátricos particulares do Brasil, tem 200 pacientes e funciona com a sua capacidade total. Parte desses pacientes é mantida pelo Sistema Único de Saúde. Ao longo dos próximos meses, eles serão encaminhados para outros locais de atendimento psiquiátrico.

Para garantir que haja local para essas pessoas que necessitam de atendimento médico psiquiátrico, o Ministério Público firmou um termo de compromisso com representantes da área de saúde do Estado e da Prefeitura Municipal de Teresina. Os dois terão que criar novos leitos nos seus respectivos hospitais e Centro Apoio Psicossocial (CAPS). Haverá também um grupo de trabalho para garantir o atendimento dos pacientes do Sanatório Meduna durante o período do seu fechamento.

Além de criar novos locais de atendimento para pessoas com doenças psíquicas, tanto governo quanto município irão arcar com as despesas de remédios, comidas, roupas e outros. Os dois órgãos custeavam essas despesas desde o ano passado, quando o sanatório anunciou dificuldades financeiras.

Em setembro do ano passado, a direção do Sanatório Meduna dava sinais de que deixaria de realizar atendimentos. Nesse período, a diretoria da unidade de saúde junto com o Ministério Público e membros da rede de saúde municipal e estadual procuravam formas de manter o hospital em funcionamento. “Procuramos algumas formas para mantê-lo em funcionamento, mas a própria direção optou pelo fechamento”, comentou a promotora.

Fonte: Aline Rodrigues/ Jornal O DIA
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

Deixe seu comentário

Tags: