• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Mais três órgãos estaduais implantarão ouvidoria

05/12/2007 13:49h

Mais três órgãos estaduais deverão implantar ouvidoria, elevando para 15 as repartições que oferecem o serviço à população. São eles a Divisão de Vigilância Sanitária (Divisa), da Secretaria de Saúde (Sesapi), Secretaria de Estado da Justiça e dos Direitos Humanos e Hospital Infantil Lucídio Portella (Hilp).

Os 11 órgãos que já dispõem de ouvidoria são Hospital Getúlio Vargas (HGV), Maternidade Dona Evangelina Rosa, Hospital de Doenças Tropicais Nathan Portella, Junta Comercial do Estado (Jucepi), Central de Regulação da Sesapi, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), Instituto de Água e Esgotos do Piauí (Agespisa), Companhia Energética do Piauí (Cepisa), Banco do Estado do Piauí (BEP), Hospital Lineu Araújo e Hospital Areolino de Abreu.

A Divisa, a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos e o Hilp informaram à Ouvidoria-Geral do Estado que têm interesse em instalar o serviço. Segundo informações de Jacqueline Santos, assistente de Serviços do órgão, a decisão de instalar o serviço é da própria repartição.

Uma vez tomada a decisão, a Ouvidoria-Geral do Estado dá orientações sobre o procedimento. O serviço de ouvidoria é um dos recursos que o Estado dispõe para concretizar sua política de participação popular e transparência. Através dele, qualquer cidadão pode entrar em contato com o órgão para fazer críticas, denúncias ou sugerir mudanças que proporcionem um serviço cada vez melhor à população.

O assunto foi tema do I Seminário Estadual sobre Ouvidorias Públicas, realizado segunda-feira (3), na Escola Fazendária, promovido pela Ouvidoria-Geral do Estado. Na ocasião, a ouvidora-geral, Rosário Biserra, descreveu o papel desse órgão: "É o canal de participação popular e controle social, que permite a participação civil na administração governamental", disse.

Fonte: CCS
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

Deixe seu comentário

Tags: