• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Espera para tirar segunda via de documento pode chegar a 7 horas

Passado o susto de ser vítima de um assalto, é hora de correr atrás para tirar a segunda via dos documentos pessoais subtraídos.

13/08/2019 09:39h

E nesse momento, a população se depara com mais obstáculos: o tempo de espera pelo atendimento. 

Maria Oliveira foi até o Espaço da Cidadania para solicitar a expedição da segunda via do seu RG após ser vítima de um assalto. “Eu fui fazer o B.O. no 1º DP, que fica por trás da Delegacia Geral e do Instituto de Identificação. A intenção era já sair de lá direto pro Instituto pra poder tirar a segunda via do RG. Só que a própria escrivã da delegacia me disse que se eu quisesse ser atendida lá, que eu precisaria madrugar, dormir lá”, relata.

Segundo Maria, no Instituto de Identificação localizado em frente à Praça Saraiva, uma fila já se formava na calçada. A jovem decidiu, então, ir ao posto de atendimento do Espaço da Cidadania no Shopping Rio Poty. Ela relata que chegou ao local às 8h30 e somente às 9h conseguiu uma senha para atendimento. No horário, já havia mais de 100 pessoas esperando na fila. “A senha que me deram era R133. Estava na R24 quando cheguei”, conta.

Segundo Maria Oliveira, foram sete horas de espera. A jovem só conseguiu ser atendida às 16h, enquanto outras pessoas que também esperavam na fila temiam não serem atendidas no mesmo dia. “O setor de emissão de RG é o que mais demora e justamente o que tem mais gente pra ser atendido. Não sei se falta é pessoal, se a demanda que já está além do que o Espaço suporta, mas é um transtorno absurdo a pessoa perder um dia inteiro pra conseguir emitir um documento”, afirma.

Além da demora no atendimento, os populares também reclamam do prazo estipulado para o recebimento do documento. Para eles, a espera de cinco dias úteis para receber o RG gera um transtorno, pois, como no caso de Maria que teve todos os documentos roubados, a emissão de outros documentos e cartões pessoais só é feita mediante apresentação da Carteira de Identidade. “Sem ele, eu não consigo resolver nada, inclusive não dá pra tirar as outras vias dos documentos que me roubaram, como a carteira de estudante e o título de eleitor”, finaliza.

Outro lado

Em nota, a Secretaria Estadual da Segurança Pública, através do Instituto de Identificação, informou que o atendimento segue dentro da normalidade. O Instituto de Identificação reforçou ainda que na Capital existem cinco pontos para expedição de RG localizados no Shopping Poty, Centro, Ladeira do Uruguai, Parque Piauí e Dirceu.


Edição: Virgiane Passos
Por: Isabela Lopes - Foto: Arquivo ODIA

Deixe seu comentário