Vítima de câncer, morre ator Perry Sales, ex-marido de Vera Fischer

Morreu, na quarta-feira (17), o ator Perry Sales, 70 anos. Vítima de câncer, ele estava no apartamento de sua ex-mulher, Vera Fischer, no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio.

19/06/2009 13:56h

Compartilhar no
Morreu, na quarta-feira (17), o ator Perry Sales, 70 anos. Vítima de câncer, ele estava no apartamento de sua ex-mulher, Vera Fischer, no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio.

A atriz, que está na novela "Caminho das Índias", da Globo, não quer falar sobre o assunto e, ao lado da família, aguarda o sepultamento de Perry, marcado para a tarde desta sexta-feira (19), no Rio.

“Foi muito triste. Os médicos haviam dado quatro meses de vida, mas ele não resistiu. O câncer, inicialmente no pulmão, foi para o cérebro. A Vera não quis que ninguém soubesse, foi uma coisa restrita à família. Ela está muito abalada”, disse uma fonte próxima da família.

Em 2006, Perry Salles sofreu um enfarte em casa, e teve que passar por uma cirurgia para o implante de um stent. Mas o câncer foi detectado em fevereiro deste ano.

Perry deixa quatro filhos, entre eles Rafaela Fisher, de sua união com Vera. Seu quinto filho já é falecido.

Biografia

Nascido em 1939, Perilúcio José de Almeida fez vários filmes e atuou em novelas. Na tevê, ficou marcado como o Laio, em Mandala. Ficou por 16 anos casado com Vera Fischer, com quem teve Rafaela. De outro casamento, com Beatriz, teve Romeu e Rômulo. Já foi casado também com a atriz Miriam Melher, com quem teve o filho Rodrigo, morto em 1990, aos 20 anos, num acidente de moto. Ele também teve a filha Renata, que mora na Inglaterra.

Em 1998, o ator entrou em depressão. Por 18 meses Perry Salles passou seus dias praticamente sem ver a luz do sol. Enclausurado em uma das salas do Teatro Gamboa, que comprou em 1994, em Salvador, ele tentava se livrar de uma crise existencial. Não conseguia pagar as dívidas que contraíra para manter a casa funcionando. Parou de tomar banho, deixou o cabelo crescer e só saía às ruas uma vez ou outra para comprar comida, ou melhor, dois quilos de carne moída e quatro pacotes de macarrão, suficientes para se manter durante um mês. O quadro só foi revertido em 2000, quando Perry Salles recebeu um telefonema da atriz Ivone Hoffman, que o convidou para atuar na peça Com Amor,.

O apoio irrestrito de Vera Fischer, que se tornou sua melhor amiga, o ajudou a reerguer.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: O Fuxico
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

Deixe seu comentário

Tags:


Notícias Relacionadas