• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Sonho de ingressar na Universidade leva pessoas com mais de 50 anos ao Enem

Além dos adolescentes que estão acabando o ensino médio, pessoas maduras também participam das provas

03/11/2019 14:49h - Atualizado em 03/11/2019 14:56h

Para alcançar um sonho não existe idade. É com esse pensamento que o militar da reserva Carmélio Macedo, 60 anos, resolveu encarar a maratona de provas do Exame Nacional do Ensino Médio, que teve início neste domingo (03). Apesar de já estar cursando Direito, ele alimenta  desde jovem o sonho de ingressar no curso de Odontologia.

“É uma profissão muito bonita, que pode ajudar muitas pessoas. A pessoa com defeitos nos dentes, é um grande mal”, disse.

Carmelio chegou de bicicleta à Universidade Estadual do Piauí, seu local de prova. Segundo ele, a escolha do transporte também é parte para preparação para a prova. “Tenho carro, mas gosto de andar de bicicleta. É a minha academia”, contou.

Carmélio Macêdo sonha cursar Odontologia em uma Universidade Pública (Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

Quem também participou do primeiro dia de provas do Enem foi o autônomo Francisco Claudemir, de 57 anos. Com o sonho de cursar História ou Geografia, ele participou dos últimos meses do pré-vestibular do programa Unitodos, desenvolvido pela Prefeitura de Teresina. “Desde jovem tenho esse sonho de entrar na Universidade”, disse. 

O Autônomo Francisco Claudemir quer ingressar no curso de História (Foto: Assis Fernandes/O Dia)


Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário