• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Passagens aéreas nem sempre barateiam na Black Friday

Pesquisa mostra que apenas três destinos estavam mais baratos na campanha do ano passado.

21/11/2018 08:20h

Em plena semana da Black Friday, um setor específico pode não ser tão atrativo para quem espera encontrar as famosas promoções: o de passagens aéreas. Segundo um levantamento recente do site Kayak, uma ferramenta de buscas de viagens, as passagens aéreas nem sempre ficam mais baratas nesse período.

De acordo com a pesquisa, que utiliza dados da Black Friday 2017 e conta com uma lista dos 15 destinos mais buscados pelos brasileiros, em apenas três deles (São Paulo, Fortaleza e Orlando) as passagens estavam mais baratas na campanha se comparadas com as semanas anteriores e a semana seguinte da Black Friday.

“O estudo revela que nem todos os atores do mercado de turismo aderiram à Black Friday ainda. Portanto, é importante se planejar e acompanhar os preços de passagens aéreas com bastante antecedência para encontrar as melhores ofertas. (...) Apostar todas as fichas na Black Friday, especialmente para viagens de final de ano, pode não ser uma boa escolha”, afirma Eduardo Fleury, Líder de Operações do Kayak no Brasil.


Esperar exclusivamente pela Black Friday para comprar passagens pode não ser tão vantajoso, é o que alerta especialista. Foto: Reprodução

Alta temporada x baixa temporada

A partir deste levantamento, o Jornal O DIA procurou saber: porque isso acontece? Em contato com a reportagem, Rosana Barros, que é gerente de uma agência de viagens em Teresina, conta que as pessoas normalmente esperam encontrar descontos nesse período, mas que as companhias aéreas não costumam oferecer esse tipo de vantagem para destinos mais procurados na alta temporada.

Segundo ela, isso é “fato do mercado” e o que ocorre, em geral, é que as companhias oferecem descontos para a baixa temporada. Com o aumento da demanda no fim de ano, não é atrativo para as companhias aéreas oferecer promoções. Conforme explica Rosana, as promoções e descontos são geralmente ofertados quando há baixa procura por um determinado trecho.

Por isso, mesmo sabendo que as companhias não costumam reduzir os preços, é interessante ficar atento ao período da Black Friday, especialmente se a pessoa já está se programando para uma viagem no ano que vem.

“A pessoa pode aproveitar o período da Black Friday pra se planejar para o ano que vem. Se a pessoa já tiver uma programação e quiser dar uma olhada [é interessante]. Para a alta temporada, geralmente são oferecidos descontos singelos”, afirma Rosana Barros.

Mercado instável

Sobre a Black Friday, Rosana afirma que a agência de viagens que ela trabalha não costuma organizar esse tipo de evento, mas que acompanha o que é realizado pelas companhias aéreas, por exemplo.

“Não trabalhamos especificamente com a Black Friday. Intermediamos o que existe no mercado de turismo, o que as empresas oferecerem, a gente oferece também”, destaca.

Rosana explica, ainda, que esse é um setor bastante instável em razão das mudanças na moeda de outros países (alta e baixa do dólar, por exemplo) e no comportamento das pessoas em relação às viagens. Tudo isso também influencia no valor das passagens e em possibilidade de existirem ou não promoções em um determinado período.

“Com a alta do dólar, as pessoas ficam com receio de viajar pra fora. A mudança cambial, de comportamento, tudo isso influencia. A Inglaterra saiu da União Europeia, por exemplo, e isso pode mudar os preços das passagens [e condições das viagens]”, finaliza.

Edição: Virgiane Passos
Por: Ananda Oliveira

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado