Convenção Lojista do Piauí: Fundador da Reserva traz novo olhar sobre varejo

Rony explica que o comércio deve ser visto também como instrumento de transformação social e que o varejista deve pensar mais alto e despertar um olhar empreendedor sobre as empresas.

27/05/2017 15:15h

Compartilhar no

A 23ª edição da Convenção Lojista do Piauí aconteceu no último sábado (27) no auditório da Uninovafapi e contou com a presença de muitos estudantes, profissionais e empreendedores. O fundador da marca Reserva, Rony Meisler foi um dos palestrantes mais esperados pelos participantes. Na discutiu da sua palestra “O case Reserva: a gente não faz só roupa, faz barulho”, ele trouxe um novo olhar para o atual cenário político e financeiro do país no que diz respeito ao setor do Varejo. Ele enxerga a crise financeira de algumas empresas como oportunidade.

“Os desafios do atual cenário político e financeiro é uma enorme oportunidade, porque no momento em que muitas empresas quebram, você tem uma oportunidade para que novas empresas nasçam. Para mim o grande desafio do empreendedor é que ele seja um curioso e corajoso”, enfatiza ele.

(Foto: Jaílson Soares/ O Dia)

Rony explica que o comércio deve ser visto também como instrumento de transformação social e que o varejista deve pensar mais alto e despertar um olhar empreendedor sobre as empresas. “A mensagem que tentei passar é que a gente tem que parar de pensar só como varejista para pensar também como um empreendedor e de que forma depois dessa politização que o país está passando, a gente vai poder construir o Brasil com base sólida de ética”, frisa. 

De fato, a mensagem conseguiu atingir o público que participou da palestra e despertou a sede de sucesso de muitos empreendedores. YurI Lajes foi um dos empresários que se fez presente na convenção e diz que a palestra instigou a sede de conquista dele. “Eu já tenho uma empresa há 4 anos e o Rony nos provou que temos sim condição de fazer história no varejo e mercado nacional agora, não temos que esperar chegarmos a uma certa idade para conseguir isso”, afirma Yuri. 

A convenção contou com palestrantes renomados. Além de Rony, teve também o poeta e empreendedor social Bráulio Bessa, com a palestra “O jeito Arretado de Empreender”, a consultora Beth Furtado, com a palestra “O varejo Sexy” e o professor doutor na Universidade Estadual de Capinas (UNICAMP) Leandro Karnal, com a palestra “Conhecimento, Trabalho e Tempo no mundo contemporâneo”. 

(Foto: Jaílson Soares/ O Dia)

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojista (CNDL), Honório Pinheiro explica que as convenções são de extrema importância para o momento político que o Brasil passa, visto que as empresas são atingidas com isso. Para ele, as convenções constroem esperança e traz uma troca de experiências que promove muito aprendizado. 

“Essa convecção constrói uma esperança e um entusiasmo das pessoas que querem ser empreendedor. Temos 27 unidades federativas com cerca de 20 convenções este ano no Brasil e todas deixam muito bons exemplos. Essa, por exemplo, traz um foco de mais proximidade do varejo. Mostra que a crise sempre traz boas oportunidades para uma mudança”, comenta. 

O evento, considerado o maior do segmento varejista do Estado, debateu sobre as necessidades, tendências e rumos do atual mercado do varejo. Com a temática "Inspirar, mudar e alcançar" ele reuniu grandes nomes e empreendedores do estado. 

Compartilhar no
Por: Karoll Oliveira

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas