• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Caixa inicia pagamento de abono para nascidos em agosto; R$ 1,4 bilhão

Pagamentos são disponibilizados de forma escalonada, conforme o mês de nascimento do trabalhador.

15/08/2019 17:55h

A Caixa Econômica inicia nesta quinta-feira (15) o pagamento do abono salarial do calendário 2019/2020 para os beneficiários nascidos em agosto. Os pagamentos são disponibilizados de forma escalonada, conforme o mês de nascimento do trabalhador. Os titulares de conta individual na Caixa, com cadastro atualizado e movimentação na conta, receberam o crédito automático antecipado no dia 13 de agosto.

Confira o calendário de pagamento 2019/2020

O valor total disponibilizado pela Caixa para os nascidos em agosto é de R$ 1,4 bilhão para 1,6 milhão de trabalhadores em todo Brasil. O valor do benefício pode ser sacado até 30 de junho de 2020, e pode ser consultado no aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo canal "Atendimento Caixa ao Cidadão": 0800 726 0207.

Quem tem direito a sacar?

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2018.

Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da Caixa. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, apresentando o documento de identificação. O trabalhador com vínculo a empresa pública possui inscrição Pasep e recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.


Deixe seu comentário