• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Black Friday é “esquenta” para o Natal e comércio funciona até mais tarde

Alguns estabelecimentos já estão oferecendo descontos de até 70%.

21/11/2018 08:05h

A Black Friday ocorre nesta sexta-feira (23), mas as lojas de Teresina já estão decoradas e participando da campanha para capturar a atenção do cliente que passa diariamente pelo Centro da cidade. Em várias vitrines, já é possível ver o nome da ação em destaque e placas com descontos de até 70%.

Para os lojistas, esta é a oportunidade de fazer o “esquenta” para o Natal, já que muitos clientes aproveitam as promoções para comprar os presentes das festas de fim de ano, além de ser um atrativo para quem já estava buscando ofertas com preços reduzidos. Neste sábado (24), por exemplo, as lojas irão estender o horário de funcionamento, ficando abertas até às 18h.

Elisângela Santos foi até o Centro buscando calçados e se deparou com as promoções, mas ela resolveu pesquisar os melhores preços. “Pelo menos as propagandas são grandes, dizem que os preços são bons, mas a gente precisa vir pra ver”, conta.

Por ser uma data com promessa de alta rentabilidade, há lojas que inclusive reinventam o conceito. Ao invés de Black Friday – funcionando apenas na sexta-feira, como ocorre originalmente nos Estados Unidos, tem loja apostando no “Black November”, como é o caso de uma loja de confecções e calçados no Centro da Capital. Istalany Mística é chefe de setor da loja e conta que essa é uma das datas do ano mais esperadas.


No sábado, as lojas do Centro funcionarão até às 18h para atender a demanda. Foto: Poliana Oliveira/ODIA

“O povo toda hora está perguntando quando vai começar, já chega falando na Black Friday. A gente está no clima, [a decoração] já está em preto e amarelo. A procura é grande, principalmente no setor feminino. As pessoas procuram muito calça feminina e sandália”, afirma.

Segundo Istalany, o período funciona como “uma mistura de Natal com Black Friday”. Isto porque é preciso organizar a loja para esses eventos, que acabam se encontrando durante essa época. “As pessoas já querem comprar as peças em promoção para usar no Natal ou dar presentes. [No Black November], estamos oferecendo até 70% de desconto nos produtos. Também têm outros produtos [que já vinham com preços promocionais], como aqueles que custam R$ 19,90, R$ 39,99”, pontua.

Elisandra Carvalho é gerente de uma loja de calçados no Centro de Teresina e conta que a Black Friday começou, em seu estabelecimento, já na semana passada e vai se estender até o final do mês de novembro.

“Estamos com promoção na parte infantil, masculino e principalmente feminino, que é o nosso forte. Estamos com muitas promoções, preços bem variados. A expectativa é de melhora e que os clientes comprem na nossa promoção porque está bastante atrativa. A campanha é anual e tem bastante procura”, conta.

Lojistas acreditam em incremento de até 15%

Em uma loja de roupas de Teresina, o gerente Valdemir Ferreira explica que a Black Friday já ocorre a partir de hoje (21) e se estende até o sábado (24). A expectativa de crescimento das vendas é de 12% a 15%, em comparação a 2017.

“Nós vamos trabalhar com 20%, 30% e 40% de desconto, além de melhorar o nosso plano de pagamento, com a campanha de 1º pagamento em janeiro. [Esses descontos serão ofertados] em alguns produtos, que nós vamos selecionar e colocar em destaque na loja, com uma sinalização. A Black Friday no ano passado deu um bom resultado e nesse ano a gente espera que vai ser bem melhor”, avalia.

Por outro lado, tem gente que olha este momento com desconfiança. Uma cliente que preferiu não se identificar afirmou ao O DIA que “não vê vantagem” na data e não costuma comprar nesse período, já que não sabe se os produtos estão em boas condições e têm qualidade. Além disso, para ela, a economia está “incerta” pela transição do governo e ela prefere não contrair dívidas no momento.

Sindilojas

Para a Black Friday 2018, o Sindicato dos Lojistas do Comércio de Teresina (Sindilojas) espera um aumento de 8% nas vendas. Segundo a entidade, a cada ano, aumenta o número de lojas participando da campanha, o que oferece mais opções para o teresinense. Os descontos praticados pelas lojas são de 40%, em média, mas podem chegar a 60% de acordo com o Sindicato.

O Sindilojas informou ainda que existem dois tipos de condições de compra na Black Friday: todos os setores em promoção ou com condições de pagamento especiais.

Edição: Virgiane Passos
Por: Ananda Oliveira

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado