Ciclista salva filhote de gato em trilha e vídeo bomba na web

Publicação no Facebook do jovem tem mais de 1,8 milhões de visualizações. Rapaz mora em Taquarituba (SP): 'Amo animais', diz.

27/05/2017 16:20h - Atualizado em 27/05/2017 16:24h

Compartilhar no

O ciclista Vitor Fernandes da Fonseca, de 22 anos, está fazendo sucesso nas redes sociais ao salvar um filhote de gato e levá-lo dentro da camisa enquanto pedalava durante um treino em Taguaí (SP), no dia 13 de maio.

Vitor registrou o com vídeo e foto o resgate do filhote (Foto: Arquivo Pessoal/ Vitor da Fonseca)
O vídeo publicado no perfil do Facebook do jovem, morador de Taquarituba (SP), tem mais de 1,8 milhão de visualizações e 14 mil compartilhamentos até esta sexta-feira (25).

O jovem encontrou o filhote enquanto treinava na estrada vicinal que liga Taguaí ao Bairro Taquaras, em Tejupá (SP). “Estava treinando normalmente quando comecei a ouvir um miado de gato. Olhei para trás e vi o filhote sozinho no meio da estrada, sem ninguém por perto”, conta.

O registro mostra o jovem pedalando enquanto o filhote de gato “aproveita” a viagem no colarinho da camisa. O animal “dá cambalhotas”, mia e lambe o pescoço do ciclista. “Foi um barato, ele ficou brincando, mexendo com o meu fone de ouvido, dando ‘tapas’ na minha cara (risos)”, comenta.

Vitor pegou o filhote e pedalou por dez quilômetros em 30 minutos, ao Bairro Taquaras. Ele encontrou um morador de sítio e deixou o gato no local


“Estava longe de casa, há uns 30 quilômetros. Como não tinha como levar o gato por tanto tempo no macacão, deixei ele lá com o senhor que estava carpindo. Depois que deixei o gato, ele começou a brincar com um cachorro do sítio, então achei melhor que ele ficasse lá”, explica.

Ainda segundo o ciclista, dois dias depois do “resgate” ele voltou ao sítio e soube que o gato tinha desaparecido. “Voltei para saber como o filhote estava, aí a moradora me contou que no dia seguinte o gato sumiu. Ela achava que alguém em um carro pegou o filhote. Agora não imagino onde ele possa estar”, afirma.

Dias após a publicação, o vídeo viralizou na internet. “Nem iria postar, mas minha mãe ficou encantada com o ‘filhotinho’ e pediu que eu colocasse. Depois vi que o vídeo foi até usado em jornais da Europa, até me pagaram para terem o direito do vídeo.”

Compartilhar no
Fonte: G1

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário