• cachoeir piaui
  • Campanha salao
  • APCEF
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Aluno de SP tira a mesma nota recorde de piauiense no Enem

Filho de dois educadores, Mathias Dunker quer estudar física. Ele dá aulas particulares e ainda faz trabalho voluntário.

11/01/2016 09:17h

O paulistano Mathias Dunker, de 19 anos, gabaritou a prova de matemática do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) - tirou a nota 1.008,3. Estudante da Escola Nossa Senhora das Graças durante o Ensino Fundamental e do Colégio Bandeirantes, no Ensino Médio, o menino trabalha de domingo a domingo, namora, tem uma banda de rock e faz trabalho voluntário.

Mathias tocando saxofone em uma de suas bandas - ele toca rock, mas curte MPB e jazz (Foto: Arquivo Pessoal)

Filho de dois educadores - o pai, Christian Dunker, é um dos mais reconhecidos psicanalistas da USP - ele disse que a influência começou cedo. “Desde que eu sou pequeno,  a gente conversa muito em casa sobre coisas relacionadas à cultura, a aprendizagem. Tanto minha mãe quanto meu pai são professores”.

Mathias quer estudar física, na USP. Para chegar lá, até se matriculou em um cursinho, mas foi direto às aulas por dois meses. Ele trabalha 10 horas por dia, sem intervalo aos fins de semana, dando aula particular de matemática e química, principalmente. Os alunos de Mathias são, em grande maioria, matriculados no Colégio Bandeirantes e estão com dificuldades para passar nas disciplinas exatas. “Estudando para dar aula e para entender os problemas dos alunos é que acabei aprendendo pro vestibular”, contou.

E o trabalho não para por aí. Ele arranja tempo durante a semana para fazer trabalho voluntário no projeto “26 letras”, que ajuda e alfabetiza adultos que largaram a escola. Depois disso tudo, ele toca bateria, piano e sax nas bandas “Ideias de um canário” e “O Resto” - geralmente investe no rock n’roll, mas gosta também de música brasileira e jazz. Mathias estuda música desde os 7 anos.

Família Dunker: pais de Mathias são educadores (Foto: Arquivo Pessoal)

Ele também namora. A moça, na mesma fase que ele, deve estudar psicologia. Para descontrair, o futuro físico gosta de ler - o escritor favorito é Luis Fernando Verissimo. E ainda joga video-game.

Apesar da alta nota no Enem, Mathias contou que o importante é a Fuvest. Comentou o tema da redação que, neste ano, foi sobre “Utopia”. Ele disse que “teve muita sorte” e que adorou a temática. Citou Karl Marx, Paulo Freire e Einstein em sua redação neste domingo (10).  “Eu falei que as utopias são fundamentais tanto para a evolução dos pensamentos políticos e também científicos”, contou.

Fonte: G1

Deixe seu comentário