• e-titulo
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Art/Gente

13 de maio de 2018

Dia das Mães: famosas contam como a maternidade mudou suas vidas

Glamour perguntou para algumas celebridades o que mudou na vida delas com a chegada dos filhos. Olha só as respostas!

Só quem é mãe sabe como a vida muda depois da maternidade! As noites em claro dos primeiros meses, as descobertas, a responsabilidade de cuidar e formar alguém, as novas prioridades e todo amor do mundo aparecem com uma mistura de sensações. Para celebrar o Dia das Mães, perguntamos para algumas celebs o que mudou na vida delas com a chegada dos filhos. Olha só as respostas!

Monica Benini (Mãe de Otto, de 7 meses)

Monica Benini e Junior (Foto: Reprodução)

"A maternidade trouxe uma nova versão de mim, em todos os aspectos. Me fez transcender e repensar toda a minha vida, em todos os aspectos. Me fez elencar as prioridades, colocar cada coisa na sua prateleira de importância, sabe? Todo aquele ritual de preparar o ninho pra receber meu filho aconteceu também internamente. E quando ele finalmente veio ao mundo, descobri em mim uma força visceral que eu sequer imaginava que existisse. Me descobri guerreira, leoa. A empatia com as pessoas que me cercam, com minha própria mãe e com as mães que cruzam meu caminho também multiplicou, porque a maternidade escancara nossas forças, mas também nossas fraquezas. E ao me entender como um exemplo pro meu filho, despertou em mim uma vontade de me tornar a cada dia, um ser humano melhor. Sou mãe a 7 meses e já não consigo imaginar minha vida longe desse menino luz."

Laura Fernandez (Mãe de Sol, de 2 anos)

Laura Fernandez (Foto: Reprodução)

"As pessoas costumam falar que sua vida muda depois que você vira mãe, realmente muda, mas começa uma outra muito melhor, tão boa que eu particularmente não consigo lembrar da minha vida antes da Sol. Ela me trouxe e me dá todos os dias muita luz e garra. Sou grata por ela ter me dado uma chance de ter uma outra vida, e que vida."

Juliana Alves (Mãe de Yolanda, 7 meses)

Juliana Alves (Foto: Reprodução)

"Me tornei uma pessoa muito mais organizada e muito mais feliz. Todos os dias acordo com o sorriso da minha filha e faço questão de fazer o máximo de coisas possíveis com ela."

Joana Balaguer (Mãe de Martin, 3 anos, e Gaia, 3 meses)

Joana Balaguer  (Foto: Reprodução)

"Minha vida mudou completamente depois da maternidade. Antes era tudo eu. Agora, é tudo eles. Sou uma pessoa muito programada e depois que tive filhos isso ficou bem mais difícil porque cada dia é uma novidade."

Giovanna Ewbank (Mãe de Titi, 4 anos)

Giovanna Ewbank e Títi (Foto: Reprodução)

"Desde que minha filha chegou em minha vida, a minha referência de orgulho passou a ser ela. Quando eu vejo aquela criança cheia de amor no coração, eu sinto orgulho dela, de mim e do Bruno pela família linda que construímos."

Christine Fernandes (Mãe de Pedro, de 14 anos)

Christine Fernandes (Foto: Reprodução)

"A gente deixa de ser “pessoa física e vira jurídica” emocionalmente. Antes era só você, agora somos dois. Deixamos de ser indivíduo e somos grupo. A simbiose começa na gestação, o mesmo sangue corre nas veias, isso é muito simbólico e ao mesmo tempo transformador. Ao se ter um filho sua visão de mundo muda radicalmente. Sua postura e suas prioridades. Me sinto mais generosa comigo e com os outros. Me atenho ao que realmente importa e se nunca posso ter a certeza absoluta que sou uma boa mãe, continuo tentando. Infinitamente, com afinco e muito amor. E tem outra coisa, eu me identifiquei mais com meus pais. Minha relação com eles sofreu um upgrade e me tornei uma filha melhor."

Bianca Rinaldi (Mãe de Sofia e Beatriz, 8 anos)

Bianca Rinaldi e as filhas (Foto: Reprodução)

"A vida depois da maternidade é como água transformada em vinho. Eu me sinto mais madura, mais em paz e as prioridades são outras. Acredito que seja o ápice do altruísmo, pois abdicamos de muita coisa em prol dos nossos pequenos. Desde que minhas filhas nasceram, senti o peso nos ombros sobre a responsabilidade que eu tinha. Estamos falando da criação de um outro ser humano. No meu caso, que são gêmeas, tem ainda a questão da individualidade de cada uma e como eu posso ajudá-las nesse processo. É um mundaréu de informações todos os dias e que temos que administrar, sem deixar de lado nós mesmas, também. A maternidade abriu os meus horizontes sobre a vida, sobre amor e sobre conhecimento. Aprendo todos os dias, ensino todos os dias. Ao mesmo tempo que é um sentimento lindo, dá um frio na barriga."

11 de maio de 2018

Padre Fábio de Melo pede perdão por vídeo polêmico sobre macumba

"Com todo o respeito a quem faz a macumba: pode fazer e pode deixar na porta da minha casa que, se estiver fresco, a gente come", disse nas imagens.

O padre Fábio de Melo usou as redes sociais, nesta quinta-feira, para pedir desculpas após a viralização de um vídeo em que ele aparece dando declarações consideradas desrespeitosas para as religiões de matriz africana. Nas imagens, gravadas durante uma missa, o padre diz: "Com todo o respeito a quem faz a macumba: pode fazer e pode deixar na porta da minha casa que, se estiver fresco, a gente come". Muitas pessoas criticaram o vídeo, considerado um exemplo de intolerância religiosa.

"Sempre manifestei publicamente o meu respeito a todas as religiões. O candomblé fez parte da minha origem. Nunca quis ofender ou desmerecer quem quer que seja. Apenas expressei, durante uma celebração cristã, convicções cristãs. Peço perdão aos que se sentiram ofendidos", escreveu no Twitter o padre Fábio.

No vídeo, ele diz ainda que se as pessoas acreditam que uma "galinha preta na porta de casa, com um litro de cachaça e uma farofa de banana têm o poder de trazer destruição", elas não conhecem o "poder de Cristo ressuscitado". As imagens tiveram mais de 2,7 milhões de visualizações e milhares de comentários criticando a fala do padre.


Foto: Reprodução

O babalaô Ivanir dos Santos, representante de movimentos contra a intolerância religiosa, notificou extrajudicialmente o padre Fábio de Melo para que ele retire do ar o vídeo, conforme revelou a coluna da Marina, do GLOBO. Pelo Twitter, Fábio disse também que entrou em contato com Ivanir e que tolerância religiosa "não significa abrir mão do que cremos":

"Já fiz um contato com o babalorixá Ivanir dos Santos. Ele foi extremamente gentil comigo. Nosso desejo é esclarecer que tolerância religiosa não significa abrir mão do que cremos ou não cremos, mas conviver harmoniosamente, colaborando na construção de um mundo melhor."

Veja a íntegra da postagem:

"Sempre manifestei publicamente o meu respeito a todas as religiões. O candomblé fez parte da minha origem. Nunca quis ofender ou desmerecer quem quer que seja. Apenas expressei, durante uma celebração cristã, convicções cristãs. Peço perdão aos que se sentiram ofendidos.

Eu não sou proprietário da verdade. Eu estou em busca dela. Quero o esclarecimento espiritual que me coloque ao lado de todos. Diferentes e iguais a mim. Somos irmãos e não me sinto melhor que ninguém. Se fui infeliz na forma como expressei o meu não crer, perdoem-me.

Já fiz um contato com o babalorixá Ivanir dos Santos. Ele foi extremamente gentil comigo. Nosso desejo é esclarecer que tolerância religiosa não significa abrir mão do que cremos ou não cremos, mas conviver harmoniosamente, colaborando na construção de um mundo melhor.

O mundo já está dividido demais para que criemos outras divisões a partir de nós."

08 de maio de 2018

Fagner, Vanessa da Mata, Skank e Alcione confirmados para o Festival de Inverno

Este ano o evento chega à sua 15ª edição, e acontece entre os dias 31 de maio e 3 de junho.

Foram anunciadas nesta terça-feira (8) as atrações do Festival de Inverno de Pedro II, que acontece entre os dias 31 de maio e 3 de junho.


A cantora maranhense Alcione é uma das atrações do Festival de Inverno de Pedro II para este ano (Foto: Divulgação)


Cinco atrações nacionais estão confirmadas para este ano, quando o evento chega à sua 15ª edição.

Para a primeira noite do festival, uma quinta-feira, duas atrações nacionais sobem ao palco: a banda Teatro Mágico e o cantor Raimundo Fagner. Já na sexta, dia 1º de junho, a cantora Vanessa da Mata será a grande atração da noite.

A banda mineira Skank é a atração nacional convidada para o sábado. E a cantora maranhense Alcione encerrará a festa com grande estilo, no domingo.

O cearense Raimundo Fagner estará na primeira noite do evento (Foto: Divulgação)

O Festival de Inverno de Pedro II é a uma realização da Prefeitura de Pedro II, do Sebrae e do Governo do Estado, através das Secretarias Estaduais de Cultura e de Turismo, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.


Vanessa da Mata vai se apresentar na segunda noite, uma sexta-feira (Foto: Divulgação)


Confira a relação completa com as atrações dos quatro dias de evento:

- Quinta-feira (31 de maio):

Indiana Nomma e Osmar Milito

O Teatro Mágico

Raimundo Fagner

Mero


- Sexta-feira (1º de junho)

Tributo a Frank Sinatra

Vanessa da Mata

RC na veia

Fauzi Beydoun (vocalista da banda Tribo de Jah) e banda Soul Vibe


- Sábado (2 de junho)

Alma Tomas

Retrô (Pedro II)

Skank

Batuque Elétrico


- Domingo (3 de junho)

Sambatom

Alcione

A banda Skank vai subir ao palco no sábado (Foto: Divulgação)

O Teatro Mágico se apresenta na primeira noite do evento (Foto: Divulgação)

06 de maio de 2018

Grávida, Sabrina Sato relembra hemorragia: 'achei que não tivesse mais jeito'

A apresentadora disse que há risco sim de perder o bebê e que todo dia é uma vitória.

Sabrina Sato deu sua primeira entrevista para falar da gravidez de risco, revela no começo da semana. Em entrevista a Rodrigo Faro transmitida em edição especial do seu programa na Record neste sábado (5), a apresentadora relembrou o dia da internação no hospital Albert Einstein, em São Paulo, quando teve uma forte hemorragia.

"Eu tenho um hematoma subcoriônico, também chamado de descolamento ovular. No dia que eu fui internada, eu tive uma hemorragia. Eu e a minha irmã saímos desesperadas, chorando muito. Na hora que a gente viu aquela quantidade de sangue, a gente falou assim 'não tem mais jeito'. Eu achei que eu tinha perdido o bebê naquele momento", disse Sabrina Sato, em conversa filmada no quarto do Albert Einstein, onde ainda está hospitalizada.

"Existe, sim, o risco [de perder o bebê]. Eu oro todos os dias, eu oro o tempo inteiro. Quando cheguei aqui o risco era de 70% de não dar certo. Mas tenho fé que será por um período pequeno. Todo dia é um dia de vitória pra mim", afirmou.


Sabrina Sato e Duda Nagle serão pais (Foto: Reprodução/Instagram)

O anúncio

Sabrina Sato confirmou que está grávida do noivo Duda Nagle após revelação feita por Leo Dias, apresentador do programa Fofocalizando (SBT) e colunista do jornal O Dia.

"Eu sempre sonhei com esse momento, mas agora o sonho passou a ser realidade... E que responsabilidade! Daqui a aproximadamente 210 dias a gente vai se ver pela primeira vez, mas até lá, estaremos bem juntinhos nessa jornada, num mix de sentimentos onde o resultado é muito amor", escreveu Sabrina Sato em publicação feita no Instagram. 

"Vou ver você crescendo, te proteger e vibrar com seus chutinhos", completou a apresentadora na legenda de um vídeo publicitário de uma marca de teste de gravidez.

No seu Instagram, Duda Nagle também publicou sua versão do vídeo promocional. "O passado e o futuro da nossa família concentrado num carocinho de feijão na barriga da mulher da minha vida... Que sorte! Que conquista!", disse.

Desejo antigo

Em entrevista em janeiro, logo após ser pedida em casamento por Duda Nagle, Sabrina Sato já havia relevado o desejo de engravidar este ano.

"O mais legal em nosso relacionamento é que podemos estar cansados, mas sempre damos risadas e nos divertimos juntos. Vai ser divertido ter filhos com ele. Homem é praticamente mais um filho e ele faz muitos planos", afirmou.

Na época, a apresentadora até brincou dizendo que já tinha escolhido alguns nomes de bebê. "Ele [Duda Nagle] tem medo dos nomes que eu vou dar porque nenhum é comum. Ele já disse que quando eu estiver na maternidade que vai aproveitar para registrar a criança com outro. Eu falei que vou colocar um monte de gente para não deixar ele sair."

05 de maio de 2018

Produções de coletivos brilham nas telas da Parada de Cinema

'Mulheres de visão', pescadores do Poty Velho e os últimos dias do Circo Young inspiram produções acadêmicas que colocam Teresina no circuito audiovisual.

Wesley tinha uma câmera na mão e uma ideia muito certa na cabeça: queria conhecer o universo do circo por dentro, mergulhar em bastidores e histórias. Retratar as entranhas de um picadeiro. Tudo corria bem no projeto de documentário que seria o seu trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social na UFPI. Até que veio o aviso: o circo Young, que Wesley já tinha começado a filmar, ia fechar as portas. 

A cena em que toda a equipe de produção é pega de surpresa com a notícia do fim do circo virou um plot twist pra ninguém botar defeito: fora do enredo previsto, a história ficava ainda mais atraente aos olhos do diretor, que sempre se interessou por estudar documentários híbridos, Ele viu ali a oportunidade de transformar o filme em um metadocumentário.

“A gente já estava no meio da pré-produção quando recebeu a notícia de que o circo ia fechar”, lembra Wesley. “Tentar maquiar isso esteticamente ia prejudicar exatamente o que eu queria, que era mostrar o processo, o real, apesar dos recortes”. 

O filme O Pranto do Artista - manifesto do Circo Young e LabCine - foi exibido na sexta, dia 4, na Parada de Cinema. “São sempre oportunidades de observar como as pessoas recebem o filme e que tipo de retorno dão pra gente, como realizador”, diz Wesley. “A Parada é um dos poucos locais que colocam essas produções juntas”, acrescenta.

"Mulheres de Visão", filme contemplado na Mostra Empodera e cuja exibição abriu a Parada este ano também tem produção coletiva. “Esse é o primeiro documentário que estou dirigindo”, diz Milena Rocha, que no coletivo LabCine já trabalhou como assistente e produção. “Conseguir a co-produção com a Parada de Cinema ajudou bastante porque esse lance de emprestar equipamento e juntar equipe fortalece a gente”.

Eles fazem cinema

Essas produções, no plural, as quais Wesley se refere, diz respeito a filmes oriundos do trabalho de coletivos que arriscam-se em produções audiovisuais. Na programação deste ano a Parada de Cinema contemplou 4 filmes produzidos por coletivos surgidos do primoroso encontro de amigos. Seja no espaço acadêmico ou nas rodas de conversas, surge um fazer cinema que prioriza o processo, o encontro, a reinvenção.

É o caso, por exemplo, do filme Rio, riso, desafio, de Javé Montuchô, que estreou na última quinta-feira, na Parada de Cinema. O filme foi desenvolvido como trabalho de conclusão do curso de jornalismo e rodado em 2017, com apoio do coletivo VDC, idealizado por Tiago Furtado. “Muitos movimentos de cinema surgiram assim, em coletivos, uma galera que se junta para conseguir produzir”, diz o diretor. “Um cara tem o roteiro, mas não tem câmera, o outro tem a câmera, o outro não tem nada mas tem o carro pra ajudar na produção, e assim vai”, diz Javé explicando o princípio de um coletivo. “É fundamental achar seus próximos, quando pessoas com o mesmo objetivo se encontram, isso tem muita potência”.

O filme, um documentário de 24 minutos com relatos dos pescadores que moram no bairro Poty Velho - o bairro mais antigo da cidade de Teresina - foi ovacionado no final da sessão. 

Na mesma noite foi exibido Mamata, filme da Bahia, dirigido por Marcus Curvelo, do Cual - Coletivo Urgente de Audiovisual. A produção, que também tem um pé nos corredores universitários da UFBA, é uma obra que acompanha um artista estagnado entre a crise política brasileira e o sonho de fugir para o exterior. 

Nos setores da UFPI, o coletivo LabCine despontou com o propósito de ajudar na produção acadêmica, mas logo virou uma comunidade para compartilhamento de ideias aberta a todos que estejam interessados em formar um núcleo para produzir audiovisual - e tudo isso virou observatório nas pesquisas de Wesley no intuito de entender a própria lógica cinematográfica.

“Exibir em um evento como a Parada é fundamental para quem está começando uma carreira, se profissionalizando”, aponta Javé. “É importantíssimo não só porque nos coloca dentro desse circuito, mas porque coloca filmes de Teresina no circuito”. 

Cinema em Picos: Carneiro de ouro é exibido pela primeira vez em Teresina

Documentário sobre Dedé Rodrigues, cineasta que produz com poucos recursos no sertão do Piauí será exibido às 19h.

Nunca duvide da capacidade de esbarrar com algo surpreendente ao navegar, à deriva, na internet. Foi isso que aconteceu com a cineasta e professora de Comunicação da UnB, Dácia Ibiapina, quando viu, pela primeira vez uma produção de cinema ousada, criativa e literalmente independente. Estava tudo no Youtube. E era tudo feito bem aqui, no Piauí.

No sertão do Piauí, a exatamente 314 km da capital, Teresina, surge um improvável polo de produção cinematográfica. “Eu conheci os filmes de Dedé Rodrigues antes de conhecê-lo pessoalmente”, diz Dácia. A produção de cinema em Picos virou objeto de estudo do pós-doutorado de Dácia, pela Universidade Federal do Piauí-UFPI.  “Meu interesse pelo tema decorre da importância que atribuo às expressões e manifestações culturais que surgem no Brasil onde menos se espera e que fazem a diferença em um país onde a diversidade cultural é grande e infelizmente não tem a merecida visibilidade”, diz a diretora.

Ao longo das pesquisas ela foi conhecendo melhor os diretores, seus filmes, atores e atrizes. “Como sou cineasta, não me bastava colocar no papel os resultados da pesquisa, queria levá-los às telas”, relembra. E foi assim que surgiu o filme Carneiro de Ouro (2017), que será exibido hoje, pela primeira vez em Teresina, dentro da programação da Parada de Cinema.

Primeiramente pensado para ser o episódio piloto de uma série retratando a produção de cada coletivo daquela região, o documentário foi filmado em dez dias na cidade de Picos, no final do ano 2016. A montagem e finalização aconteceu entre Brasília e São Paulo em abril de 2017. No mesmo ano o filme estreou no 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, conquistando o prêmio de Melhor Filme de Curta-Metragem - Júri Popular, além de Melhor Direção na Mostra Brasília. 

Quem for à Parada de Cinema hoje vai ficar cara a cara com o diretor da trilogia “Cangaceiros fora do tempo”, além de alguns atores documentados por Dácia - Dedé Rodrigues e parte do elenco são convidados especiais da sessão que começa às 19h, na Sala Torquato Neto. “Eles criaram uma cadeia produtiva e um modo de produção próprios”, destaca a cineasta. “Contam histórias locais e regionais para o mundo”, elogia. “Eles são realmente cineastas independentes”. 

29 de abril de 2018

Corpo do humorista Agildo Ribeiro é velado no Rio de Janeiro

O artista morreu aos 86 anos em sua casa em razão de problemas cardíacos.

O corpo do humorista Agildo Ribeiro, que morreu no sábado (28) aos 86 anos no Rio, está sendo velado desde 10h deste domingo (29) na capela 1 do Memorial do Carmo, no Caju. A cremação está prevista para as 15h. O artista morreu em sua casa, informa o colunista Ancelmo Gois, em razão de problemas cardíacos.

Entre familiares, colegas de profissão e amigos presentes, o ator e comediante Lucio Mauro Filho conta que tinha projeto de trabalhar com ele e conta como deu a notícia da morte para o pai, que tinha Agildo como o melhor amigo.


O ator Lúcio Mauro filho foi um dos que compareceu ao velório do humorista Gildo Ribeiro (Foto: Eleven/Folhapress)

- Foi uma surpresa para a gente, os amigos todos, estivemos juntos recentemente num prêmio em que entreguei a ele. Combinamos coisas juntos, fazer projetos. Ele partiu bem, estava feliz. Era um homem da graça e do humor, claro que vai deixar uma saudade. Mas não posso dizer aquela máxima 'ah, nem deu tempo para despedir', pois sempre estivemos juntos - afirma Lucio, ao contar sobre a relação profissional com Agildo.

- Depois que fiz um espetáculo com meu pai, Agildo se interessou muito e eu disse que ia amar fazer algo assim com ele. Tínhamos uma semelhança física além da semelhança da comédia. Em algumas propostas, meu pai não queria fazer cinema, era Agildo que fazia meu pai. Enquanto ele estivesse vivo teríamos muitas oportunidades de projetos.

22 de abril de 2018

Tatá cita Jéssica, do BBB 18, em novela: 'Levanta a cabeça, princesa!'

A atriz chegou a prometer no Twitter que usaria a frase de Jéssica em alguma entrevista, mas citou em uma cena da trama das sete.

"Deus Salve o Rei" se passa na Idade Média, mas por algum motivo Lucrécia assistiu ao "BBB18". No capítulo deste sábado (21), ela citou a frase da ex-sister Jéssica, que virou meme no reality show da Globo: "Levanta a cabeça, princesa, senão a coroa cai!".

Na verdade, tudo não passou de um improviso da própria Tatá Werneck no texto da novela. A atriz chegou a prometer no Twitter que usaria a frase de Jéssica em alguma entrevista, mas citou em uma cena da trama das sete e fez a alegria dos telespectadores que notaram a brincadeira.

Na cena, Lucrécia se dirigia ao reino de Montemor após ter deixado o convento, e orientou a carroceira e ama de companhia Latrine (Júlia Guerra) para ir mais depressa: "Vamos por ali! Sim, estou ouvindo, por ali! Rápido! Direita! Cuidado com o buraco! Vamos! Siga o vento!".

Foi então que Lucrécia se encheu de orgulho e disse, olhando para o céu: "Levanta a cabeça, princesa, senão a coroa cai!". E completou a frase: "Montemor, estou chegando!".

Nas redes sociais, o público vibrou com a menção a Jéssica em "Deus Salve o Rei", e a própria ex-sister parabenizou Tatá Werneck por ter falado a frase (retirada de uma música do sertanejo Gabriel Valim) melhor do que ela.

"Para tudo que Tatá Werneck falou a frase 'Levanta a cabeça, princesa, senão a coroa cai', mas ela falou de um jeito tão expressivo que ganhou de mim, certeza! Beijo! Adorei!", elogiou Jéssica no Instagram.

Lázaro Ramos faz pergunta para Laura Müller e plateia cai na gargalhada

"Laura, dependendo do tamanho do bambu, o som sai diferente?", questionou ele no "Altas Horas deste sábado (21).

Lázaro Ramos se empolgou com o quadro de Laura Müller e sua pergunta fez Luan Santana e a plateia caírem na gargalhada. Ao dizer que tinha uma dúvida sobre sexo, o ator soltou: "Laura, dependendo do tamanho do bambu, o som sai diferente?", questionou ele no "Altas Horas deste sábado (21).


O ator Lázaro Ramos foi um dos convidados do programa Altas Horas do último sábado (Foto: Divulgação)


"Sensacional", disse Serginho Groisman, aos risos. Em seguida, Lázaro falou que era uma brincadeira e que estava segurando a pergunta desde o segundo bloco do programa. Mas Laura respondeu: "É o jeito de usar o bambu que o som sai diferente", para o delírio da plateia.

Bem humorado, Lázaro fez outra pergunta sobre as diferenças do homem e da mulher ao sentirem tesão. "Na adolescência sempre escutei que o tesão da mulher era diferente do homem. O homem é mais visual e a mulher são outras coisas. Hoje em dia, isso ainda se mantém?".

"Sim. O homem gosta de ver cena excitante, e a mulher se estimula mais pelo clima de sedução", respondeu a sexóloga. "Ou seja, estou malhando à toa", continuou o ator, aos risos. "Eu fico excitadíssimo no seu quadro, Laura", brincou.

O programa também contou com a participação de Luan Santana e Daniel. Luan revelou o sonho em ser pai. "Vou fazer um atrás do outro. Filho! Eu quero ter um monte", afirmou.

17 de abril de 2018

Reservado, Thiaguinho diz que música o ajuda a externar sentimentos

Ter um planejamento de carreira, metas traçadas e determinação também fazem parte do pacote de aprendizados que Thiaguinho reuniu ao longo dos últimos anos.

Dezesseis anos se passaram desde que Thiaguinho, 35, participou do reality show musical Fama. Ele não foi o vencedor, mas conseguiu usar a visibilidade que o programa lhe trouxe a seu favor. Hoje, com a carreira consolidada, ele afirma que seu maior aprendizado de lá para cá foi nunca desistir de sonhar.


O cantor Thiaguinho (Foto: Divulgação)


"Parece clichê, mas é a mais pura verdade. Foi acreditando nisso que cheguei até aqui", diz o cantor, em entrevista ao blog F5, da Folha de São Paulo.

Ter um planejamento de carreira, metas traçadas e determinação também fazem parte do pacote de aprendizados que Thiaguinho reuniu ao longo dos últimos anos.

"E acima de tudo, acreditar em Deus, que está sempre no comando de tudo e sabe qual é o melhor caminho", acrescenta.

Certo desde pequeno de que queria viver da música, o ex vocalista do grupo Exaltasamba ainda consegue se lembrar da sensação que teve ao fazer um show profissional pela primeira vez após o reality.

"Lembro bem de subir no palco e não acreditar que aquilo estava realmente acontecendo. Era um sonho se tornando realidade." Ele ressalta que este foi o momento que teve ainda mais certeza da profissão que queria seguir.

Turnê

Para celebrar os 16 anos de carreira, Thiaguinho acaba de estrear sua nova turnê, a "Só Vem", cujo primeiro show aconteceu neste sábado (14) em São Paulo. Além dos maiores sucessos do cantor, o show inclui seis músicas de seu novo disco, homônimo: Ponto fraco, Sacode, Deus Quer, Você Passou, 100% Dela e Só Vem, resultado de uma parceria com a cantora Ludmilla, ganhou clipe em janeiro deste ano.

"Temos um cenário novo também. Coisa fina (risos)", diz. Por enquanto, não haverá participações especiais, mas o artista não descarta a possibilidade.

"Adoro dividir o palco. Mas o que é certo mesmo é um Thiaguinho muito animado, doido para mostrar as músicas do álbum novo."

O evento passará por Porto Alegre (27/04) , Belo Horizonte (25/05), Brasília (23/06), Curitiba (14/06), Rio de Janeiro (11/08), Cuiabá (15/09), Recife (01/12), Salvador e Fortaleza (ainda sem data definida).

Além da turnê, o cantor também roda o Brasil com a roda de samba "Tardezinha", que completou três anos. Ele também adianta que em breve terá novidades em seu canal do Youtube.

Falta de privacidade

Casado com a atriz Fernanda Souza há três anos, Thiaguinho é discreto quando o assunto é vida pessoal. Não foge do assunto, mas é sucinto. E confessa que a música serve como válvula de escape, já que se considera um cara reservado e que segura as emoções.

"Através da música conseguimos externar e traduzir um pouco do que sentimos e pensamos. Um exemplo disso é a música que compus para a Fernandinha. Ainda Bem é uma declaração de amor para ela."

O casal, que namorou durante quatro anos antes de subir ao altar, em 2015, ganhou o carinho do público desde o início do relacionamento e é inspiração para os fãs.

O segredo da parceria bem sucedida? Segundo ele, amor, carinho e confiança. "Acho que isso é a base para qualquer relacionamento saudável", diz.

Apesar de sofrer com a falta de privacidade devido a uma legião de fãs interessados em saber cada vez mais mais sobre a sua vida, o dono do hit Energia Surreal diz que entende que isso é consequência do seu trabalho. No entanto, ressalta que procura não se expor muito e que gosta de levar uma vida mais reservada.

"Quando não estou nos palcos, a minha rotina é simples. Gosto de curtir a família e sair com amigos. Amo o que faço e entendo que tenho que aceitar todos os lados da profissão que escolhi."

Empresário

Muita gente não sabe, mas Thiaguinho, que cuida da própria carreira, é também um dos sócios do Atitude 67.

"Tento dividir ao máximo minhas experiências com os meninos, me envolvo no trabalho deles e trocamos muito. Me dedico com a mesma seriedade e carinho que eu lido com a minha carreira", afirma ele.

A banda foi montada há 15 anos, mas apenas há um ano e meio decidiu investir mais na carreira. Conhecido pelo público após lançar o hit Cerveja de Garrafa, o grupo é empresariado pelo pagodeiro desde 2017.

14 de abril de 2018

Neymar vai de muletas e bota ortopédica a leilão beneficente em São Paulo

O craque chegou acompanhado da namorada, a atriz Bruna Marquezine, e posou para fotos aos beijos.

Em recuperação de lesão no pé direito, Neymar compareceu de muletas e bota ortopédica a uma noite de gala nesta sexta-feira (13). Estiloso, o jogador chegou ao lado da atriz Bruna Marquezine e posou para fotos aos beijos.

O craque é uma das principais atrações do evento da amfAR (Fundação para a Pesquisa da AIDS), uma organização internacional sem fins lucrativos que se dedica a apoiar pesquisa, prevenção do HIV, educação para tratamentos e advogar por políticas públicas relacionadas à AIDS.


Neymar e Bruna Marquezine no Baile da amfAR, em SP (Foto: Manuela Scarpa e Iwi Onodera/Brazil News)

Em gravação na última quinta-feira (12), Neymar disse à Globo que "falta um 'mesinho' ainda, um mês e pouco" de recuperação. O atacante garante estar progredindo bem, "tudo nos conformes". Ele faz fisioterapia no Brasil e ainda não tem uma data confirmada para se reapresentar ao PSG.

Se a previsão dada pelo atacante se confirmar, a volta será próxima à apresentação da seleção brasileira para iniciar a preparação para a Copa do Mundo da Rússia. Os trabalhos do grupo de Tite começam a menos de 40 dias, em 21 de maio.

Esta é a oitava edição da noite de gala do amfAR no Brasil, que se tornou um dos eventos mais badalados do país por reunir artistas, empresários e famosos de todo tipo em uma mansão no bairro dos Jardins, em São Paulo-SP. Os fundos são revertidos às causas da entidade, que aponta que cerca de 830 mil pessoas vivam com HIV no País.

Carro com o ator Will Ferrell e mais três pessoas capota na Califórnia

A batida aconteceu na rodovia Interstate 5 quando um carro atingiu o veículo em que o ator estava, acompanhado do roteirista Andrew Steele, da atriz Carolina Barlow e de seu motorista, Mark Thompson.

O ator e comediante Will Ferrel, 50, foi internado nesta quinta-feira (12) após se envolver em um acidente entre dois carros na Califórnia, nos EUA. As informações são do jornal The Washington Post.

A batida aconteceu na rodovia Interstate 5 quando um carro atingiu o veículo em que o ator estava, acompanhado do roteirista Andrew Steele, da atriz Carolina Barlow e de seu motorista, Mark Thompson.

O carro chegou a capotar, mas Ferrell saiu consciente e conseguiu chamar o resgate. Os quatro foram levados ao hospital Orange County. Ferrell e o roteirista passaram a noite em observação e já foram liberados nesta sexta (13). A atriz e o motorista continuam hospitalizados em condição estável.


O ator e comediante Will Ferrel sofreu um grave acidente de carro na California (Foto: Shutterstock)

"Will está acompanhando a recuperação de seus amigos e expressou gratidão aos bombeiros e paramédicos que os atenderam", disse um representante do ator. "Ele também agradece aos desejos de melhoras e rápida recuperação que tem recebido de amigos e fãs."

A polícia não deu mais detalhes sobre o estado de saúde do outro motorista envolvido no acidente, nem sobre o motivo que provocou a colisão.

Humorista consagrado pelo "Saturday Night Live", Ferrell é conhecido pelo personagem Ron Burgundy de "O Âncora" (2004) e a sequência (2013), além dos filmes "Quase Irmãos" (2008), "Ricky Bobby - A Toda Velocidade" (2006), "Um Duende em Nova York" (2003) e "Pai em Dose Dupla" (2016).

13 de abril de 2018

Primeiro lote de ingressos para show de Nick Cave esgota em uma hora

O evento acontecerá no dia 14 de outubro, na casa de shows paulistana Espaço das Américas, que tem capacidade para comportar até 8 mil pessoas.

O primeiro lote de ingressos para a pista do show de Nick Cave esgotou em uma hora de seu anúncio, na manhã desta sexta-feira (13).

De acordo com a organização, cerca de 45% dos ingressos foram vendidos nas três primeiras horas.

Nick Cave & The Bad Seeds (Foto: Divulgação / @mat7hp)

O evento acontecerá no dia 14 de outubro, na casa de shows paulistana Espaço das Américas, que tem capacidade para comportar até 8 mil pessoas -não se sabe, no entanto, o total de ingressos à venda, que pode ser menor do que a lotação.

O cantor e compositor australiano e sua banda anunciaram nesta sexta (13) a turnê que farão na América do Norte e Latina. Ao todo, serão nove shows em outubro, e apenas um deles no Brasil. 

Além de sucessos, a banda deve apresentar o repertório de "Skeleton Tree" (2016), álbum mais recente, marcado pelo luto de Cave, cujo filho caiu de um penhasco no sul da Inglaterra.

Após o fim do primeiro lote, os ingressos custam de R$ 120 a R$ 360 e estão à venda em ticketload.com.

A apresentação é uma das atrações promovida pela plataforma Popload, que realiza em novembro um festival com Blondie, Lorde, MGMT, At  The Drive-In e outros.

NICK CAVE & THE BAD SEEDS

ONDE: Espaço das Américas, r. Tagipuru, 795, tel. (11) 3864-5566

QUANDO: 14 de outubro, às 18h (abertura dos portões)

QUANTO: de R$ 100 a R$ 360 em  ticketload.com

CLASSIFICAÇÃO: 18 anos

12 de abril de 2018

Isabeli Fontana diz que pensa em ter filhos, mas que Di Ferrero não quer

Fontana teve seu primeiro filho, Zion, quando tinha 19 anos, no auge da carreiram, com o modelo Álvaro Jacomossi.

A modelo Isabeli Fontana, 34, afirmou que pensa em ter mais filhos, mas que o marido, o ex-vocalista da banda NX Zero Di Ferrero, não deseja no momento. Os dois se casaram em uma cerimônia intimista nas ilhas Maldivas, em agosto de 2016.

"Aquela mesma vontade que dá de vez em quando e de repente passa rápido. Quando a gente vê o que tem de lidar ... É muito caro ter filho. Di não quer ter filho e já está tendo uma boa experiência em ser padrasto", disse Fontana, em entrevista a Gabriela Pugliesi para o canal Vendi Meu Sofá no YouTube.

Fontana teve seu primeiro filho, Zion, quando tinha 19 anos, no auge da carreiram, com o modelo Álvaro Jacomossi. Os dois ficaram juntos por quatros anos, entre 2000 e 2004, e relação terminou com a briga pela disputa da guarda do filho.

Menos de duas semanas após o término de seu casamento com Jacomossi, a modela conheceu o ator Henri Castelli durante um voo para Nova York. Os dois se casaram depois de oito meses juntos, em maio de 2005, em um luau na praia do Forte, na Urca, no Rio de Janeiro. Um ano depois, nasceu seu segundo filho, Lucas.

Ela também comentou sobre como a sua carreira acabou afastando um pouco das fases de crescimento do primeiro filho. Diz ter sofrido por ter que trabalhar fora e passar pouco tempo com ele e que era cobrada para ser uma mãe normal.

"Falava para ele: 'você está falando que eu não sou uma mãe normal, filho? E ele respondia, 'sim, você não me dá o leitinho toda noite, queria uma mãe normal que não aparecesse na capa da revista, que não ficasse com essas fotos sexys'. Aí eu respondia que era o meu trabalho e ele tinha que entender, hoje com 15 anos ele já entende."

Ela diz ainda ser uma pessoa de momentos. "Tem horas em que quero ser a melhor amiga dos meus filhos e tem horas em que quero ser a mãe dura. É uma relação de amizade." 

Casamento com Di Ferrero

Sobre a relação com Di Ferrero, Fontana afirma que está tudo bem e recorda do momento em que se conheceram no programa Altas Horas (Globo). "Eu quem paquerei ele primeiro. Era um programa de Dia da Criança, achei lindo o jeito de como ele tratou uma criança, o olhar dele e aí eu pensei: tem alguém ali sofredor por trás. Ele tinha um olhar meio triste, meio perdido. A gente se encontra junto porque ele é o lado mais racional da relação e eu o mais sentimental."

A modelo também comentou como mantém a sua boa forma. Ela disse que toma bastante água, de três a quatro litros por dia, para dar emagrecer. Diz que precisa de pelo menos uma semana obter resultado. Além desse truque, Fontana diz que no momento está vegetariana, assim como o marido Di Ferrero. "Ele é vegetariano. Eu gosto de dizer que estou porque às vezes rola um deslize. (risos)"

Fontana também afirmou que o cantor é mais racional e ela mais sentimental na relação. "Não há briga, mas discussão. Sou muito brava e preciso me acalmar mais, meditar muito. Quando não faço yoga, sou outra pessoa."

07 de abril de 2018

Monica Iozzi ironiza juiz Sérgio Moro no Instagram

Crítica à operação Lava Jato, a atriz publicou uma foto em que o magistrado aparece rindo ao lado do tucano Aécio Neves, junto à legenda: Super-Moro.

A atriz Monica Iozzi usou seu Instagram na manhã desta sexta-feira (6) para ironizar o juiz federal Sérgio Moro, que expediu o pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ontem. Crítica à operação Lava Jato e simpatizante da esquerda, Monica publicou uma foto em que o magistrado que conduz a operação aparece rindo ao lado do tucano Aécio Neves.

Também estão na imagem o governador de São Paulo e pré-candidato à presidência, Geraldo Alckmin, e o presidente Michel Temer. Acima da foto, em letras garrafais, uma legenda: “Super-Moro”.

“Viva Moro! Tenho certeza que, assim que Temer, Aécio e Alckmim perderem o foro privilegiado, ele prende os três”, escreveu.“Ah! E o Serra também! O ex-presidente da Odebrecht disse pra Lava-Jato que deu 52 milhões de reais pro José Serra. Certeza que o Moro vai mandar prender o Serra também”.

A atriz disse ainda que está “indo dormir tranquila”, chamou Moro e os ministros do STF de “honestos, imparciais, nossos heróis” e disse que eles vão “acabar com a corrupção no Brasil”. Confira o post completo a seguir:

Um decreto do juiz federaldeterminou, na tarde da última quinta-feira (05), a prisão do ex-presidente. O petista tem até às 17h de hoje para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.





Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado