• Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att

Teresa Britto relata visita aos hospitais de Esperantina e Campo Maior

Teresa Britto relata visita aos hospitais de Esperantina e Campo Maior

04/06/2019 14:15h

 

A deputada estadual Teresa Britto (PV) discursou na tribuna da Assembleia Legislativa para relatar a inspeção e reclamar da situação do hospitais de Esperantina e Campo Maior, no Norte do Piauí. A Comissão de Educação, Cultura e Saúde, da qual a parlamentar é presidente, realizou na segunda-feira (3) visita oficial aos hospitais estaduais nos dois municípios.

Segundo a deputada, o hospital de Esperantina tem uma gestão comprometida com o trabalho e que, em termos gerais, o hospital está bem estruturado.

“Vimos que o hospital tem uma capacidade grande de resolutividade, mas isso não acontece no tocante as cirurgias. Ele hoje realiza mutirões e algumas cirurgias eletivas, mas no restante do tempo os leitos ficam ociosos pela falta de implementação da UTI, como de profissionais como anestesista, cirurgiões e pediatras atendendo 24h. Se isso fosse implementado, certamente o hospital daria uma grande contribuição aos 13 municípios que atende na região”, disse Teresa Britto.

Já com relação ao Hospital Regional de Campo Maior, a parlamentar foi dura nas críticas. Segundo ela, os banheiros do hospital tem muita sujeira, a maioria das camas estão quebradas, a áreas das clínicas está praticamente vazias e a parte da clínica cirúrgica vive lotada.

“A minha maquiagem é melhor do que a hospital de Campo Maior. Falta climatização nos leitos, a cozinha é muito ruim e as enfermarias também. O que vimos de positivo lá é que os profissionais estão com os salários em dia, mas isso já é resultado das nossas visitas aos outros hospitais”, acredita. A deputada também cobrou a realização de concursos públicos para servidores dos hospitais.

Além da deputada Teresa Britto, participaram da visita aos hospitais, os deputados Francisco Costa (PT), Lucy (Progressistas), Gustavo Neiva (PSB) e o líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT).

 

Laryssa Saldanha - Edição: Katya D'Angelles


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário