• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Teresa Britto registra visita de comissão ao Hospital Infantil de Teresina

Teresa Britto registra visita de comissão ao Hospital Infantil de Teresina

02/07/2019 14:15h

 

Teresa Britto diz que dívida do Estado com a saúde é imensa
A deputada Teresa Britto (PT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado na sessão plenária de hoje para registrar a visita que a Comissão de Educação, Cultura e Saúde, da qual é presidente, realizou ao Hospital Infantil Lucídio Portella, em Teresina, na manhã desta segunda-feira (01).
Segundo a deputada, os avanços e melhorias no hospital foram mínimos. “O Hospital Lucídio Portella é um hospital muito antigo e com a estrutura totalmente defasada. É o nosso único hospital de alta complexidade infantil do Estado e que precisa de uma atenção total do Governo”, disse Teresa Britto.
A parlamentar ainda lembrou que existem projetos para melhorias e reformas, mas que os mesmos não saíram do papel, mesmo existindo emendas parlamentares destinadas.
“Hoje o Hospital funciona pela boa vontade do diretor Vinícios Pontes e dos mais de 500 funcionários que lá trabalham. As pequenas reformas que foram feitas nos últimos 3 anos não tiveram investimento e nem resolutividade para os grandes problemas enfrentados”, disse a deputada.
Segundo a parlamentar, as enfermarias não tem banheiros e não tem climatização, a clínica cirúrgica está superlotada, falta medicamentos e a dívida com os fornecedores é milionária. Ainda segundo ela, foram encontrados pacientes com cardiopatias há três meses esperando por um procedimento cirúrgico.
Maternidade – a deputada ainda criticou a recente inauguração da Unidade de Cuidados Intermediários para Recém-Nascidos Modalidade Canguru na Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER). Segundo ela, a única coisa que mudou foi transformar duas enfermarias em uma, com a troca de camas e pintura. “Não critico as melhorias e sim o aparato da inauguração, como se estivesse inaugurando uma nova maternidade no Estado ou resolvendo todas os problemas da Maternidade Evangelina Rosa. O que não aceitamos que a população seja enganada”, disse.
“São anos de descaso e abandono com a saúde do Estado e a dívida de todos que passaram pelo Governo é muito grande, mas a do Governador Wellington Dias é muito maior, pois ele está em seu quarto mandato e o hospital infantil já existia e as condições são as mesmas”, finalizou Teresa Britto,
Além da deputada Teresa Britto, participaram da visita ao Hospital Infantil Lucídio Portella a deputada Lucy (Progressistas) e Gustavo Neiva (PSB).

deputada Teresa Britto (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, a sessão plenária de hoje (2) para registrar a visita que a Comissão de Educação, Cultura e Saúde, da qual é presidente, realizou ao Hospital Infantil Lucídio Portella, em Teresina, na manhã de segunda-feira (1º/7). Segundo a deputada, os avanços e melhorias no hospital foram mínimos.


“O Hospital Lucídio Portella é um hospital muito antigo e com a estrutura totalmente defasada. É o nosso único hospital de alta complexidade infantil do Estado e que precisa de uma atenção total do Governo”, disse Teresa Britto.

A parlamentar ainda lembrou que existem projetos para melhorias e reformas, mas que os mesmos não saíram do papel, apesar de haver emendas parlamentares destinando recursos para as obras.

“Hoje o Hospital funciona pela boa vontade do diretor Vinícius Pontes e dos mais de 500 funcionários que lá trabalham. As pequenas reformas que foram feitas nos últimos 3 anos não tiveram investimento e nem resolutividade para os grandes problemas enfrentados”, lamentou a deputada.

Segundo a parlamentar, as enfermarias não tem banheiros e nem climatização, a clínica cirúrgica está superlotada, falta medicamentos e a dívida com os fornecedores é milionária. Ainda segundo a oradora, foram encontrados pacientes com cardiopatias há três meses esperando por um procedimento cirúrgico.

Maternidade – A deputada ainda criticou a recente inauguração da Unidade de Cuidados Intermediários para Recém-Nascidos Modalidade Canguru na Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER).

Segundo ela, a única coisa que mudou foi transformar duas enfermarias em uma, com a troca de camas e pintura. “Não critico as melhorias e sim o aparato da inauguração, como se estivesse inaugurando uma nova maternidade no Estado ou resolvendo todas os problemas da Maternidade Evangelina Rosa. O que não aceitamos que a população seja enganada”, avisou.

“São anos de descaso e abandono com a saúde do Estado e a dívida de todos que passaram pelo Governo é muito grande, mas a do governador Wellington Dias é muito maior, pois ele está em seu quarto mandato e o Hospital Infantil já existia e as condições são as mesmas”, finalizou Teresa Britto.

Além da deputada Teresa Britto, participaram da visita ao Hospital Infantil Lucídio Portella, a deputada Lucy Soares (Progressistas) e Gustavo Neiva (PSB).


Laryssa Saldanha - Edição: Katya D'Angelles

 


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas