• Novo app Jornal O Dia
  • ITNET
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Teresa Britto propõe a deputados a criação de animais para estimular adoções

Teresa Britto propõe a deputados a criação de animais para estimular adoções

14/03/2019 14:15h

 

A deputada Teresa Britto (PV) lembrou hoje (14) a passagem do Dia Mundial de Proteção aos Animais e lamentou que no Brasil muitas pessoas abandonam seus bichos de estimação, principalmente cães e gatos, e não são punidas, embora a legislação preveja condenações de um a seis meses.
“Nós temos muitos animais abandonados e maltratados. As pessoas não entendem que eles tem fome, tem sede e sentem dor e medo embora sejam passíveis de punição. É preciso desenvolver a consciência do respeito aos animais”, disse.
A parlamentar disse que encabeçou em Teresina um movimento de proteção aos animais quando era vereadora e agora está desenvolvendo o mesmo trabalho na Assembleia Legislativa. Ela disse que cuida de mais de vinte animais, entre cães, gatos, além de cavalos, vacas e até uma jumenta, cujo nome é Gigi. “Ela foi abandonada na infância e desde então está sob os meus cuidados”, afirmou.
A deputada conclamou os seus colegas a adotarem animais para dar o exemplo aos demais piauienses, no intuito de tornar o Estado um exemplo para o País nessa área, no que foi apoiada pelo presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB), que afirmou ter uma jumenta anã em uma propriedade em Esperantina, para a qual está buscando um companheiro.
Durvalino Leal

A deputada Teresa Britto (PV) lembrou, hoje (14), a passagem do Dia Mundial de Proteção aos Animais e lamentou que no Brasil muitas pessoas abandonam seus bichos de estimação, principalmente cães e gatos, e não são punidas, embora a legislação preveja condenações de um a seis meses.

“Nós temos muitos animais abandonados e maltratados. As pessoas não entendem que eles tem fome, tem sede e sentem dor e medo embora sejam passíveis de punição. É preciso desenvolver a consciência do respeito aos animais”, disse.

A parlamentar lembrou que encabeçou em Teresina um movimento de proteção aos animais, quando era vereadora na Câmara Municipal; que agora está desenvolvendo o mesmo trabalho na Assembleia Legislativa. Ela explicou que cuida de mais de vinte animais, entre cães, gatos, além de cavalos, vacas e até uma jumenta, cujo nome é Gigi. “Ela foi abandonada na infância e desde então está sob os meus cuidados”.

A deputada conclamou os seus colegas a adotarem animais para dar o exemplo aos piauienses, no intuito de tornar o estado um exemplo para o País nesta área. A oradora foi apoiada pelo presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB), que afirmou criar uma jumenta anã em uma propriedade em Esperantina.

Durvalino Leal - Edição: Paulo Pincel

 


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário