• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Equatorial fullbanner
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Teresa Britto preocupada com o corte de verbas para universidades

Teresa Britto preocupada com o corte de verbas para universidades

08/05/2019 14:15h

 

A deputada Teresa Britto (PV) tabém manifestou sua preocupação com relação ao bloqueio de verbas de universidades federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) na semana passada.
A parlamentar discursou na sessão plenária de hoje (8) para pedir a assinatura dos colegas parlamtnares no manifesto em defesa das instituições federais. O manifesto será enviado aos deputados federais e senadores do Piauí para que eles também se manifestem contrariamente ao corte.
“Gasto com educação é investimento e não despesa. E as universidades e institutos federais tem prestado importantes benefícios na pesquisa científica, na educação como um todo, aliado a profissionais renomados que brilham no Piauí, no Brasil e no mundo inteiro. E agora nós estamos vendo essas universidades ameaçadas com um corte de 30% de seus recursos", lamentou.
A deputada citou o exemplo do próprio filho, oriundo da Universidade Federal do Piauí, que hoje é pesquisador internacional, premiado em vários países. 
Teresa Britto ainda acrescentou que não existem escândalos envolvendo reitores ou professores dessas instituições. “São técnicos que vestem e suam a camisa diariamente na defesa da edução em seus campus. Esse corte vai ser um desastre”, avaliou.
Inicialmente, a medida afetava apenas a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA). No entanto, no mesmo dia o MEC divulgou nota afirmando que o corte seria aplicado em todas as universidades e institutos federais do Brasil.

A deputada Teresa Britto (PV) tabém manifestou sua preocupação com relação ao bloqueio de verbas de universidades federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) na semana passada.A parlamentar discursou na sessão plenária de hoje (8) para pedir a assinatura dos colegas parlamtnares no manifesto em defesa das instituições federais. O manifesto será enviado aos deputados federais e senadores do Piauí para que eles também se manifestem contrariamente ao corte.
“Gasto com educação é investimento e não despesa. E as universidades e institutos federais tem prestado importantes benefícios na pesquisa científica, na educação como um todo, aliado a profissionais renomados que brilham no Piauí, no Brasil e no mundo inteiro. E agora nós estamos vendo essas universidades ameaçadas com um corte de 30% de seus recursos", lamentou.A deputada citou o exemplo do próprio filho, oriundo da Universidade Federal do Piauí, que hoje é pesquisador internacional, premiado em vários países. Teresa Britto ainda acrescentou que não existem escândalos envolvendo reitores ou professores dessas instituições.
“São técnicos que vestem e suam a camisa diariamente na defesa da edução em seus campus. Esse corte vai ser um desastre”, avaliou.Inicialmente, a medida afetava apenas a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA). No entanto, no mesmo dia o MEC divulgou nota afirmando que o corte seria aplicado em todas as universidades e institutos federais do Brasil.

 

Lindalva Miranda - Edição: Katya D'Angelles

 


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas