Teresa Britto apela ao Governo que atenda reivindicações de servidores

Teresa Britto apela ao Governo que atenda reivindicações de servidores

16/04/2019 14:15h

Compartilhar no

 

A deputada Teresa Britto (PV) fez um apelo, hoje (16), ao governador Wellington Dias (PT) para que atenda as reivindicações dos professores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e dos enfermeiros e técnicos de enfermagem do Estado que se encontram em greve.

Ela disse que a Assembleia Legislativa deve acompanhar o cumprimento de um acordo feito entre o Governo e o Sindicato dos Docentes da Uespi durante audiência realizada no Tribunal de Justiça do Estado.

A deputada solicitou que a Polícia Militar do Piauí não seja acionada para retirar os alunos que ocupam a reitoria da Uespi desde o início da greve dos professores e afirmou que iria se deslocar ao campus Torquato Neto, na zona Norte de Teresina, para acompanhar a situação naquela instituição de ensino.

Segundo a deputada, o acordo firmado entre os professores e o Governo do Estado prevê, dentre outras coisas, a contratação de professores temporários, o pagamento das bolsas estudantis, a nomeação de aprovados no último concurso da categoria e a formação de comissões para debater a autonomia administrativa e financeira da Uespi e para tratar sobre a realização de um novo concurso para docentes.

Acrescentou Teresa Britto que os estudantes da Universidade Aberta do Piauí (UAPI) estão sendo aulas há vários dias e denunciou que a greve dos enfermeiros e técnicos de enfermagem do Estado, que reivindicam promoções, progressões e outros benefícios, já causou o adiamento de mais de 400 cirurgias nos estabelecimentos de saúde, como o Hospital Getúlio Vargas.

Teresa Britto advertiu que os professores estaduais podem deflagrar uma greve nos próximos dias cobrando reajuste salarial e outros benefícios, como as promoções.

 

Em aparte, o deputado Franzé Silva (PT) disse que os deputados de oposição precisam ter uma posição definida sobre o que querem do Governo, pois, ao mesmo tempo, em que cobram cortes de gastos, também, pedem que os servidores tenham aumento salarial. Ele assinalou ainda que a oposição desconhece o que é dotação orçamentária, que joga para a platéia e que precisa agir com responsabilidade em suas posições.

Respondendo as críticas do parlamentar petista, Teresa Britto disse que tem defendido os interesses da população, que sabe o que é dotação orçamentária e que age com responsabilidade em seus posicionamentos. Ela declarou que as obras do Estado se encontram paralisadas e que centenas de servidores não recebem as promoções a que têm direito.

 

 

J. Barros – Edição: Katya D’Angelles


Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas