• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Requerimentos propõem a realização de obras e regularização de transporte escolar

Requerimentos propõem a realização de obras e regularização de transporte escolar

05/06/2019 14:15h

A regularização do transporte escolar e a realização de obras foram algumas das reivindicações feitas hoje (5) pelos deputados estaduais através de requerimentos aprovados na sessão plenária. A deputada Lucy (Progressistas) pediu ao Governo do Estado que regularize o transporte de estudantes na zona rural de União para impedir que deixem de freqüentar suas escolas.

A deputada Teresa Britto (PV) teve aprovado requerimento pedindo à Prefeitura de Teresina a limpeza de uma praça no bairro Saci, na zona Sul da capital. O plenário aprovou requerimento do deputado Coronel Carlos Augusto (PR) solicitando à Secretaria de Saúde a instalação de três academias populares em Monsenhor Gil. O deputado Dr. Hélio Oliveira (PR) requereu ao Governo do Estado que providencie o asfaltamento de ruas em Parnaíba, no litoral do Estado.

A deputada Flora Izabel (PT) teve aprovados requerimentos solicitando ao Governo do Estado a implantação de quebra-molas nas rodovias PI-112 e PI-211, enquanto o deputado Ziza Carvalho (PT) requereu ao Governo do Estado a aplicação de recursos de empréstimo da Caixa Econômica Federal (CEF) na realização de obras em rodovias estaduais. Ele pediu ainda à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) a melhoria do sinal de telefonia móvel em Corrente.

Rejeição – Com votos favoráveis de 15 parlamentares e três contrários, o plenário rejeitou requerimento apresentado pelo deputado Gustavo Neiva (PSB), líder da Oposição, solicitando a realização de audiência pública para debater a decisão dos professores estaduais de deflagrarem uma greve a partir do dia 14 próximo reivindicando melhorias salariais.

Gustavo Neiva disse que a audiência teria o objetivo de debater com os professores uma solução para evitar a greve para que os estudantes não sejam prejudicados. O líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), disse que acredita que haverá entendimento com os professores até o dia 14 para que a greve não seja deflagrada e solicitou que a bancada governista votasse contra o requerimento.


O deputado Evaldo Gomes (Solidariedade) defendeu a formação de uma comissão de parlamentares para dialogar com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Piauí (Sinte-PI) com o que concordou, também, o deputado Gessivaldo Isaías (PRB). A deputada Teresa Britto (PV) defendeu a aprovação do requerimento, o que acabou não acontecendo.


J. Barros - Edição: Katya D'Angelles

 


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas