Gustavo Neiva denuncia paralisação dos serviços essenciais

Gustavo Neiva denuncia paralisação dos serviços essenciais

16/04/2019 14:15h

Compartilhar no

O deputado Gustavo Neiva questionou a paralisação nos primeiros 100 dias do governo de Wellington Dias. Para ele, a saúde, o transporte escolar e a segurança pública apresentam deficiências que precisam ser sanadas com a máxima urgência. "O governo não tem que funcionar apenas nos 100 primeiros dias, mas do primeiro ao último dia”, cobrou.


O parlamentar considera que a segurança pública não atende as necessidades da população. “Veja o exemplo de José de Freitas, onde são denunciados assaltos todos os dias e a única viatura que deveria atender ao município está quebrada. Na educação, as aulas começaram há mais de 60 dias e até agora o transporte escolar não está funcionando”, disse.


Gustavo Neiva salienta também que a população não pode esperar 100, 200 ou 300 dias para ver o governo começar a agir, pois os serviços essenciais não podem ser relegados a um segundo plano.


“A saúde não está funcionando a contento em todos os municípios. Hoje mesmo recebi uma ligação de um médico do Hospital Nunes, em Floriano, dizendo que os terceirizados estão com os salários em atraso desde janeiro. Estamos em abril e nenhum servidor terceirizado recebeu o seu dinheiro”, afirmou.


Durvalino Leal - Edição: Caio Bruno 


Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas