• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Evaldo denuncia descumprimento da lei que proíbe corte de energia

Evaldo Gomes denuncia descumprimento da lei que proíbe corte de energia nos fins de semana

01/07/2019 13:15h - Atualizado em 02/07/2019 09:28h

A maneira como a Cepisa Equatorial vem fazendo em Teresina em relação aos cortes de energia elétrica, quando se trata de pessoas pobres, foi o tema da fala do deputado Evaldo Gomes (Solidariedade), no dia de hoje, 01 de julho de 2019.

O parlamentar disse que na quinta-feira, passada, ele recebeu uma informação de que a antiga Eletrobras continua a cometer erros. Evaldo Gomes comentou que recebeu em seu gabinete, quatro famílias que alegaram ter sido surpreendidas, durante a madrugada, por volta de meia noite, resolveu faz ruma visita a casa dessa família, pobre, da zona Sul de Teresina, para fazer o corte da energia.

“Eu não estou aqui defendendo que as pessoas não devam estar em dia com os pagamentos das suas taxas de energia. Mas a Cepisa precisa ter um critério. Não dá para a Cepisa agir da forma como ela está agindo, com truculência, humilhando as famílias mais pobres do nosso Estado”, observou.

O deputado lembrou que já fez uma audiência pública e que naquele momento, sobre o expurgo de servidores daquela Companhia.

“A Cepisa mais uma vez comente um grave erro com as famílias teresinenses. Eu vou me deslocar até a direção da Cepisa, para conversar com eles. Nós temos esse papel e esse dever, mas é preciso que eles possam de fato, cumpri com os entendimentos feitos por esta Casa e da direção Equatorial. E nada se justifica, fazer corte de energia, da forma como estão fazendo”, finalizou.

O deputado Severo Eulálio (MDB) que presidiu a sessão no dia de hoje, reforçou a fala do deputado Evaldo Gomes e acrescentou que o corte é proibido em final de semana e véspera de feriados, por conta da questão bancária, porque mesmo a pessoa fazendo o pagamento, ele só irá constar, no dia seguinte, subsequente. O parlamentar disse ainda que a Cepisa está descumprindo uma lei aprovada na Casa.

Em nota, a Equatorial Piauí esclarece que não realiza cortes no fornecimento de energia elétrica durante o período noturno e/ou finais de semana, mas sim ações de fiscalização para coibir autorreligação de clientes inadimplentes, cujo fornecimento de energia já havia sido suspenso durante o horário comercial. 

Confira a Nota de Esclarecimento na integra

A Equatorial Piauí esclarece que não realiza cortes no fornecimento de energia durante o período noturno ou em fins de semana. Contudo, seguindo o que estabelece a resolução normativa 414/2010, da ANEEL, realiza fiscalizações frequentes a fim de coibir a autorreligação de clientes inadimplentes, cujo fornecimento de energia já fora suspenso durante o horário comercial.

A Equatorial Piauí executou uma dessas fiscalizações na noite do último dia 26.06 no Conjunto Jacinta Andrade, bairro Santa Maria da Codipi, onde constatou que 65 unidades consumidoras, com fornecimento de energia já suspenso pela concessionária por motivo de inadimplência, estavam ligadas à rede elétrica. 

Diante disso, a Equatorial Piauí desfez as ligações autorreligadas que, além de uma prática irregular, oferecem risco de acidentes, choques e incêndios, e prejudicam a qualidade do fornecimento de energia a toda a população, na medida em que diminuem a arrecadação da Distribuidora de energia e, portanto, os recursos que seriam destinados a investimentos na rede.

Esta foi uma ação pontual e extrema, em que a Equatorial Piauí agiu por se tratarem de clientes reincidentes, que em média já se autorreligaram mais de duas vezes à revelia da distribuidora, e que, conforme histórico, se aproveitam do período noturno para praticar esta ilegalidade, confiantes de que não haverá fiscalização. 

O corte é uma das últimas medidas da distribuidora de energia para reaver os valores que lhe são devidos. Por isso, é importante que os clientes procurem as agências de atendimento da empresa, negociem suas dívidas e fiquem atentos para o pagamento em dia de suas faturas.


EXPOTERESINA

A Expoteresina, realizada na capital, foi elogiada pelo deputado Júlio Arcoverde (Progressistas) nesta segunda-feira (01). “A expoteresina é uma exposição que já está em sua segunda edição e cada ano ela se fortalece no ramo do agronegócios, principalmente de produtores tão carentes de exposição dessa natureza, no Piauí”, ressaltou o parlamentar

Júlio Arcoverde parabenizou a prefeitura, que junto com a exposição fez um festival de quadrilha, com mais de quarenta mil reais em prêmios e preparou a área, para que as quadrilhas pudessem se desenvolver, sinalizou todo o Parque de Exposição Dirceu Arcoverde e as associação de caprino, ovinocultura e de gado.

Parabenizar também o deputado João Madison (MDB) e o André Nogueira, pela organização dos leilões e dizer que nós precisamos de mais eventos desses. Vamos fazer esse evento ficar costumeiro, agora no meio do ano, na época de julho, onde os animais estão bem mais fortes ou bem mais gordos e que possam ser vendidos com mais facilidade, e depois fazer exposição do Estado, com dois eventos que possam motivar a agricultura e a pecuária do Nosso Estado”, finalizou. Lindalva Miranda

O orador também elogiou o deputado João Madison (MDB) e o André Nogueira pela organização dos leilões de animais. Arcoverde defendeu a realização de novos eventos. "Vamos fazer esse evento ficar costumeiro, agora no meio do ano, na época de julho, onde os animais estão bem mais fortes ou bem mais gordos e que possam ser vendidos com mais facilidade, e depois fazer exposição do Estado, com dois eventos que possam motivar a agricultura e a pecuária do nosso estado”, finalizou. 


Lindalva Miranda - Edição: Katya D'Angelles

Fonte: Alepi

Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas