Educadora que ajudou a fundar escola de destaque no Piauí é homenageada

Educadora que ajudou a fundar escola de destaque no Piauí é homenageada

03/05/2019 12:15h

Compartilhar no

 

A professora aposentada Maria Hilda Martins, que ajudou a fundar uma das 10 melhores escolas do Piauí, segundo o ranking do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), foi homenageada esta semana por alunos e professores. Maria Hilda é uma das idealizadoras da Escola Cidadão Cidadã. Criado e mantido pela Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa, a escola, é pioneira em seus moldes no Piauí e está hoje em 10º lugar no ranking de melhor desempenho no Enem e em 4º lugar no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica - IDEB.

Fundada em 1992, Escola Cidadão Cidadã nasceu para ser uma escola de destaque, foi o que disse a primeira diretora eleita  da  Escola. Ela disse que é motivo de comemoração os destaques que a Escola vem obtendo a cada ano e que mesmo de longe acompanha e vibra com o sucesso da iniciativa.

Segundo a professora, no inicio foi um desafio para montar uma escola que atendesse aos alunos, filhos de funcionários da Assembleia. “Eu estava fazendo um levantamento de cadastro de funcionários quando descobri que exista muitos profissionais da Casa que formação de professores, pedagogos. Daí surgiu a idéia de montar uma escol a aproveitando o potencial de todos”, explica. Ela conta que o ex-deputado Elias Ximenes do Prado Junior, já falecido, na época era presidente do Sindicato dos servidores da Assembleia Legislativa e abraçou a sua idéia. “Ele inclusive dando o nome a Instituição de ensino Escola Cidadão Cidadã e que poderiam ser aproveitados esses profissionais, muitos deles sem lotação fixa, para fazer parte do quadro funcional da escola e assim foi feito”, acrescenta.  


Um desafio para o futuro 


Os professores passaram por um treinamento e uma sala na própria Assembleia durante um ano. Em março de 1993, a escola deu inicio as suas atividades com 123 alunos, sendo que todo corpo funcional desde zeladores, professores era da própria Assembleia, em uma casa alugada na avenida Frei Serafim, ao lado do Circulo Militar, bairro Ilhotas, em Teresina.

“Nós nos desafiamos em tudo mesmo. A Escola foi instalado através de parceiras com a Secretaria de Estadual de Educação que doou as carteiras, mesas,cadeiras e também a Assembleia que doou alguns moveis que não estavam sendo utilizados .  Me sinto satisfeita e orgulhosa por fazer parte de uma historia de sucesso desta escola.”Ressaltou.

Em 2002, a Escola mudou para a sede própria , localizada na praça Edgar Nogueira, próximo ao Tribunal Regional Eleitoral –TER /PI, agora co 1.344 alunos, matriculados regularmente desde de o maternal ao ensino médio, nos turnos manhã e tarde.  Durante esses anos a escola tem se destacado na qualidade de ensino, aprovando alunos em uma media bem considerável para  cursos superiores nas mais diversas profissões na Universidades e Faculdades do Piauí e em outros Estados. A quantidade de profissionais que estão hoje no mercado de trabalho é muito grande, são todos profissionais  destacados aqui no Piauí e fora, porque tivera uma base de ensino na nossa escola”, disse o atual  diretor professor Djalma Rubens Dias Filho.

 

Com a cobrança de uma mensalidade que varia de R$165 a R$ 282 , a escola se mantém com recursos próprios de todas as despesas como  pagamento de funcionários, professores  e manutenção do prédio em dia. Agora foi adquirido outro terreno, próximo ao 2º BEC, bairro Cabral, para a construção do ensino infantil. “Estamos felizes em alcançar patamares de destaque no ensino brasileiro, essa é a nossa visão. E nosso missão sempre ter uma na excelência na qualidade de ensino no nosso Estado”, disse o professor Djalma Filho.


Amparo Oliveira – Edição Katya D’Angelles


Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas