Deputados usam cada vez mais o tempo de dois minutos

Deputados usam cada vez mais o tempo de dois minutos

13/06/2017 14:15h

Compartilhar no

 

Usando o tempo de dois minutos, o deputado Rubem Martins (PSB) disse ter ficado surpreso com entrevista de um policial, no rádio, sobre a pequena quantidade de câmeras do programa Guardião. Estariam funcionando apenas 10 câmeras. Ele pediu atenção do governador Wellington Dias para o problema.


O deputado Dr. Hélio (PR) falou sobre as reivindicações que fez sobre o programa Minha Casa Legal para a cidade de Parnaíba. Ele parabenizou a Engerpi pelo trabalho que realiza, para que as pessoas possam registrar seus imóveis.

 


Também o deputado Robert Rios (PDT) usou os dois minutos para comentar matéria do jornal Diário do Povo, em que o secretário de Segurança, Fábio Abreu, faz considerações à sua pessoa. Para o deputado, o secretário deve esquecê-lo e cuidar dos problemas da Segurança.


O deputado Aluísio Martins (PT) falou sobre o sucesso do festejo de Santo Antônio em Campo Maior, que transcorreu sem problemas, reunindo cerca de 500 vaqueiros, numa cavalgada comemorativa ao dia da classe. Ele agradeceu aos colegas por terem prestigiado as festividades.

Falou também o deputado Luciano Nunes (PSDB), lamentando acidente ocorrido na BR-135, entre Eliseu Martins e o limite com a Bahia.


Mauro Tapety (PMDB) criticou o excesso de câmeras para aplicação de multas, na estrada que dá acesso ao povoado Santa Tereza, em quantidade superior às que existem na cidade de Teresina. Ele disse que não vê função educativa na instalação dessas câmeras, mas tão somente o interesse em arrecadar.

O deputado Evaldo Gomes (PTC) informou que se encontrou casualmente com o secretário de Segurança, Fábio Abreu, quando ele se mostrou interessado em apurar aqueles que estariam querendo prejudicar o deputado Robert Rios. O secretário disse ter apreço pelo deputado – frisou Evaldo Gomes.

Dr. Pessoa (PSD) falou de sua ida a Campo Maior, para os festejos de Santo Antônio, onde disse ter sido bem recebido pela população. Ele agradeceu ao colega Aluísio Martins pelo tratamento recebido. Disse que foram dois de dias de festa religiosa.

 

O deputado Francis Lopes (PRP) protestou contra a existência de versão pornográfica da música Asa Branca, de Luís Gonzaga, que tomou conta das redes sociais.



Falou por último o deputado Severo Eulálio  (PMDB), para se congratular com o colega Luciano Nunes, pela sua eleição para presidente da Unale. Ele disse que o Estado do Piauí foi valorizado, através de vários oradores. Para ele, a Unale está cada vez mais prestigiada no país.

 

Raimundo Cazé – Edição :Katya D’Angelles 


Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas