Deputados aprovam novo plano de cargos e salários da Uespi

Deputados aprovam novo plano de cargos e salários da Uespi

21/06/2017 14:15h

Compartilhar no

Por unanimidade os deputados aprovaram hoje (21) a reestruturação do plano de cargos, carreiras e salários dos servidores técnico-administrativos da Uespi, cuja modificação vinha sendo cobrada desde 2013, possibilitando uma melhoria salarial e a oportunidade de promoções ao longo do exercício funcional.

 

O deputado Marden Menezes (PSDB) disse que em março passado já havia apresentado um requerimento pedindo que o governo encaminhasse para a Assembleia Legislativa a proposta de reestruturação, o que foi atendido agora, após meses de discussão entre os servidores e o governo.

 

“Já faz algum tempo que todos cobravam essa melhoria, até porque outros servidores já foram contemplados. Há alguns anos, quando o orçamento do Estado tinha superavit, eu, o deputado Luciano Nunes e o então deputado Firmino Filho propusemos que todo o crescimento da arrecadação fosse destinado à Uespi, mas agora o governo encaminha essa mensagem e nós da oposição votamos a favor porque já era merecida”, disse.

 

A deputada Flora Izabel (PT) disse que vários parlamentares participaram dessa luta, citando ela própria, o deputado João de Deus (PT), o deputado Evaldo Gomes (PTC) e o deputado Luciano Nunes (PSDB). “O nosso compromisso é tamanho que votamos hoje em duas comissões e aqui no plenário em primeira e segunda votações”, disse ela. O deputado Dr. Pessoa (PSD) disse que sempre será a favor de reajuste para os servidores da saúde e educação. “Até depois de morto eu voto a favor”, emendou.

 

Foi aprovado também o projeto de lei do Executivo que cria o Conselho Estadual dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais e um projeto de lei do deputado Evaldo Gomes (PTC) que dispõe sobre a obrigatoriedade da destinação dos materiais de informática apreendidos pela Secretaria de Fazenda e mais um projeto reestruturando os grupos de tributação, arrecadação e fiscalização, e de administração financeira e contábil da Secretaria de Fazenda. Com isso os servidores passam a receber um percentual sobre os resultados do exercício financeiro.

 

Outro projeto de lei de autoria do Executivo, com emendas do relator Aluísio Martins (PT), institui a nova política de incentivo aos atletas e técnicos denominada Bolsa Atleta Piauí. “Pelo projeto novas categorias olímpicas, como o caratê, passam a ser contempladas com uma ajuda mensal. Foi feito um acordo com as entidades representativas dos esportes olímpicos e chegamos a esse relatório”, disse o deputado. O projeto ainda será votado em redação final.

 

 

Durvalino Leal - Edição: Caio Bruno 


Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas