Deputado denuncia intimidação a servidores da Agespisa

Deputado denuncia intimidação a servidores da Agespisa

07/06/2017 13:15h

Compartilhar no


O deputado Rubem Martins (PSB) informou nos pequenos avisos que recebeu denúncia do Sindicato dos Urbanitários do Piauí relatando a presença de pessoas estranhas na Estação de Tratamento de Água de Teresina, com o intuito de intimidar os servidores da Agespisa.
“A Agea a empresa supostamente vencedora desse certame mas ainda sob judice, está na estação de água neste momento com pessoas estranhas àquele órgão e agora mobilizando inclusive a Polícia Militar que está dando apoio para esse grande negócio do governo”, disse.
Em tempo o deputado Dr. Pessoa (PSD) protestou o aumento da tarifa de água. “O novo gestor da Agespisa mal entrou e já está aumentando tarifa, sem fazer qualquer reparação ou melhorias no sistema de abastecimento”, lamenta.
Robert Rios (PDT) informou que recebeu matérias com denúncias que a Secretária da Educação, Rejane Dias, superfaturou e sem nenhuma licitação, compras de dicionários. “Algo escandaloso, semana passada recebi várias informações sobre malfeitorias daquela Secretaria. Eu vou pegar essas informações e encaminhá-las para o Ministério Público Federal porque essas verbas são federais. Há dias foi cancelada licitação também superfaturada da Secretaria de Justiça”, critica.
Para o deputado o governo petista está se tornando o “governo do superfaturamento” e afirma que 67% dos recursos arrecadados na campanha do Wellington Dias foram de empresas vinculadas a Lava Jato. “Naturalmente está pagando esse dinheiro que arrecadou, não tem autonomia moral para governar o Piauí”, finaliza.
O deputado Aluísio Martins (PT) destacou que na cidade de Campo Maior iniciou a mudança da iluminação pública para lâmpadas de led. “Certamente será uma das primeiras cidades do Brasil a ter essa mudança, além de serem mais econômicas, não atraem insetos, não emitem calor e são mais duradouras”, disse. Isolda Monteiro

O deputado Rubem Martins (PSB) informou nos pequenos avisos que recebeu denúncia do Sindicato dos Urbanitários do Piauí relatando a presença de pessoas estranhas na Estação de Tratamento de Água de Teresina, com o intuito de intimidar os servidores da Agespisa.“A Agea a empresa supostamente vencedora desse certame mas ainda sob judice, está na estação de água neste momento com pessoas estranhas àquele órgão e agora mobilizando inclusive a Polícia Militar que está dando apoio para esse grande negócio do governo”, disse.


Em tempo o deputado Dr. Pessoa (PSD) protestou o aumento da tarifa de água. “O novo gestor da Agespisa mal entrou e já está aumentando tarifa, sem fazer qualquer reparação ou melhorias no sistema de abastecimento”, lamentou.


Robert Rios (PDT) informou que recebeu matérias com denúncias que a Secretária da Educação, Rejane Dias, superfaturou e sem nenhuma licitação, compras de dicionários. “Algo escandaloso, semana passada recebi várias informações sobre malfeitorias daquela Secretaria. Eu vou pegar essas informações e encaminhá-las para o Ministério Público Federal porque essas verbas são federais. Há dias foi cancelada licitação também superfaturada da Secretaria de Justiça”, criticou.


Para o deputado o governo petista está se tornando o “governo do superfaturamento” e afirma que 67% dos recursos arrecadados na campanha do Wellington Dias foram de empresas vinculadas a Lava Jato. “Naturalmente está pagando esse dinheiro que arrecadou, não tem autonomia moral para governar o Piauí”, disse.


O deputado Aluísio Martins (PT) destacou que na cidade de Campo Maior iniciou a mudança da iluminação pública para lâmpadas de led: “Certamente será uma das primeiras cidades do Brasil a ter essa mudança, além de serem mais econômicas, não atraem insetos, não emitem calor e são mais duradouras".



Isolda Monteiro - Edição: Caio Bruno 


Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas