• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Equatorial fullbanner
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Deputada ressalta importância do comitê gestor da bacia do rio Parnaíba

Deputada ressalta importância do comitê gestor da bacia do rio Parnaíba

13/05/2019 13:15h

 

Deputada ressalta importância do comitê gestor da bacia do rio Parnaíba 
A revitalização da bacia do rio Parnaíba foi objeto de discussão hoje (13) na Comissão do Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Acompanhamento dos Fenômenos da Natureza sob a presidência do deputado Henrique Pires (MDB). A solicitação foi da deputada Teresa Britto (PV).
Em pronunciamento, a deputada disse que “a Bacia hidrográfica do rio Parnaíba é de grande importância e a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba (CBH PARNAÍBA) vai fortalecer a preservação do rio”. Teresa Britto também cobrou mais empenho do Governo do Estado na preservação ambiental.
Presente na audiência pública, a vice-governadora Regina Souza reafirmou o compromisso do Governo do Estado com a preservação dos rios e do meio ambiente e comentou o Projeto de Lei do senador Elmano Férrer (Pode) que visa recuperar e proteger nascentes e mananciais da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba. “Fui relatora dessa matéria no Senado Federal e agora estamos monitorando a sua aprovação na Câmara Federal. Ela é essencial para a preservação da Bacia do Parnaíba e o Governo do Estado está fazendo reuniões periódicas para tratar do assunto e para discutir a preservação no Estado”, disse.
O engenheiro Jonathan Nunes representou o senador Elmano férrer na audiência e falou sobre o Projeto de Lei apresentado pelo Senador que da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 67/2017 determina metas, como a construção de estações de tratamento de água e reservatórios, além de ações de fiscalização. Segundo Jornathan Nunes, o senador Elmano Férrer lamenta a situação atual do rio, que sofre com o desmatamento e a poluição.
Avelar Damasceno Amorim, representante do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Parnaíba fez uma exposição de motivos sobre a necessidade da revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba, formada por um conjunto de recursos hídricos que convergem para a área banhada pelo mesmo rio e seus afluentes, abrangendo 280 municípios, destes, 223 localizados no Piauí, 38 no Maranhão e 19 no Estado do Ceará, abrigando uma população de 4,2 milhões de habitantes, conforme dados do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba.
Ronald Damasceno, do Consorcio do Sul Maranhense, também participou da reunião e sugeriu que o Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Parnaíba abranja também o Tocantins, uma vez que o Rio Parnaíba chega ao Estado. Representando a Sociedade Civil Organizada, o Partor Robson sugeriu que 50% das vagas do Comitê sejam destinadas à sociedade e que o Conselheiro seja eleito, e não indicado. Luis Emílio, representante do Tribunal de Contas da União, disse que o órgão está aberto a todas as discussões e que a prioridade é a sustentabilidade no uso das águas.

 

A revitalização da bacia do rio Parnaíba foi objeto de discussão hoje (13) na Comissão do Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Acompanhamento dos Fenômenos da Natureza sob a presidência do deputado Henrique Pires (MDB). A solicitação foi da deputada Teresa Britto (PV).Em pronunciamento, a deputada disse que “a Bacia hidrográfica do rio Parnaíba é de grande importância e a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba (CBH PARNAÍBA) vai fortalecer a preservação do rio”.

Teresa Britto também cobrou mais empenho do Governo do Estado na preservação ambiental.Presente na audiência pública, a vice-governadora Regina Souza reafirmou o compromisso do Governo do Estado com a preservação dos rios e do meio ambiente e comentou o Projeto de Lei do senador Elmano Férrer (Pode) que visa recuperar e proteger nascentes e mananciais da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba.

“Fui relatora dessa matéria no Senado Federal e agora estamos monitorando a sua aprovação na Câmara Federal. Ela é essencial para a preservação da Bacia do Parnaíba e o Governo do Estado está fazendo reuniões periódicas para tratar do assunto e para discutir a preservação no Estado”, disse.O engenheiro Jonathan Nunes representou o senador Elmano férrer na audiência e falou sobre o Projeto de Lei apresentado pelo Senador que da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 67/2017 determina metas, como a construção de estações de tratamento de água e reservatórios, além de ações de fiscalização. Segundo Jornathan Nunes, o senador Elmano Férrer lamenta a situação atual do rio, que sofre com o desmatamento e a poluição.

Avelar Damasceno Amorim, representante do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Parnaíba fez uma exposição de motivos sobre a necessidade da revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba, formada por um conjunto de recursos hídricos que convergem para a área banhada pelo mesmo rio e seus afluentes, abrangendo 280 municípios, destes, 223 localizados no Piauí, 38 no Maranhão e 19 no Estado do Ceará, abrigando uma população de 4,2 milhões de habitantes, conforme dados do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba.Ronald Damasceno, do Consorcio do Sul Maranhense, também participou da reunião e sugeriu que o Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Parnaíba abranja também o Tocantins, uma vez que o Rio Parnaíba chega ao Estado.

Representando a Sociedade Civil Organizada, o Partor Robson sugeriu que 50% das vagas do Comitê sejam destinadas à sociedade e que o Conselheiro seja eleito, e não indicado. Luis Emílio, representante do Tribunal de Contas da União, disse que o órgão está aberto a todas as discussões e que a prioridade é a sustentabilidade no uso das águas.

 

 

 

Laryssa Saldanha - Edição: Katya D'Angelles 


Fonte: Alepi Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas