Deputada denuncia 300 contratações irregulares na Secretaria de Governo

Deputada denuncia 300 contratações irregulares na Secretaria de Governo

21/05/2019 14:15h

Compartilhar no

A deputada Teresa Britto (PV), em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa durante a sessão ordinária de hoje (21), denunciou a contratação ilegal de 300 servidores na Secretaria Estadual de Governo. Segundo a parlamentar, a medida vai de encontro com a recomendação do Tribunal de Contas do Estado, de que o Estado está no limite da Lei de Responsabiulidade Fiscal.

 

“Tenho aqui o documento do TCE com a recomendação sobre os limites prudenciais do Governo do Estado com base na Lei de Responsabilidade Fiscal e também vemos uma Ação Civil Pública tramitando na Justiça obrigando o Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, a pagar o que deve aos hospitais municipais e até regionais do Estado. Em contrapartida vemos a nomeação de mais de 300 pessoas na Secretaria de Governo para ocupar cargos numa secretaria que não cabe dez pessoas. É apenas cabide de emprego”, denunciou Teresa Britto.

 

A deputada acrescentou que a população do Piauí está no prejuízo pela falta de estrutura na educação e na saúde pediu que o governador Wellington Dias comece a fazer uma gestão de fato e direito a favor da população.

 

“A população está sem medicamentos e sem cirurgias, os médicos e enfermeiros estão fazendo greves e o governo está colocando mais de 300 pessoas numa Secretaria que tem função mínima. A Secretaria de Governo é de articulação e não de gestão como secretaria de Saúde e Educação”, finalizou a deputada declarando sua indignação e repúdio à situação.

Laryssa Saldanha - Edição: Caio Bruno

 



Fonte: Alepi
Compartilhar no
Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas