Comissão vai acompanhar trabalho contra a peste suína no Piauí

Comissão vai acompanhar trabalho contra a peste suína no Piauí

30/04/2019 10:15h

Compartilhar no

 

Comissão vai acompanhar trabalho contra a preste suína no Piaí
O deputado estadual Henrique Pires (MDB), presidente da Comissão de Defesa do Direito do Consumido e do Meio Ambiente conduziu hoje (29) uma audiência pública na Comissão para discutir o andamento do trabalho de controle da peste suína no Piauí. A audiência foi realizada por uma proposição do deputado Gustavo Neiva (PSB).
Representantes do Ministério da Agropecuária, da Agência de Defesa Agropecuária do Estado, prefeitos e outras autoridades participaram da audiência. No encontro foram apresentadas informações a respeito da situação do município de Lagoa do Piauí, onde foram registrados os casos de peste suína. No município, 70% dos criadores estão registrando grande prejuízos por conta do problema.
“É importante ressaltar que, apesar da peste suína não ser transmitida para o homem não se pode comer a carne de animais doentes. Os animal tem que ser sacrificado. A população tem que ficar atenta a isso. Outro ponto é que todo este problema gera prejuízo para os municípios”, afirmou o deputado.
Segundo Henrique Pires, os relatos sobre reflexos do problema e ações que estão sendo tomadas, tanto dos municípios como dos órgãos competentes foram ouvidos pela Comissão e irão servir para que os deputados possam acompanhar, fiscalizar e cobrar as ações efetivas para minimizar o problema, bem como evitar que ele se espalhe por outras cidades do Piauí. 

 

O deputado estadual Henrique Pires (MDB), presidente da Comissão de Defesa do Direito do Consumido e do Meio Ambiente conduziu hoje (29) uma audiência pública na Comissão para discutir o andamento do trabalho de controle da peste suína no Piauí. A audiência foi realizada por uma proposição do deputado Gustavo Neiva (PSB).
Representantes do Ministério da Agropecuária, da Agência de Defesa Agropecuária do Estado, prefeitos e outras autoridades participaram da audiência. No encontro foram apresentadas informações a respeito da situação do município de Lagoa do Piauí, onde foram registrados os casos de peste suína. No município, 70% dos criadores estão registrando grande prejuízos por conta do problema.
“É importante ressaltar que, apesar da peste suína não ser transmitida para o homem não se pode comer a carne de animais doentes. Os animal tem que ser sacrificado. A população tem que ficar atenta a isso. Outro ponto é que todo este problema gera prejuízo para os municípios”, afirmou o deputado.
Segundo Henrique Pires, os relatos sobre reflexos do problema e ações que estão sendo tomadas, tanto dos municípios como dos órgãos competentes foram ouvidos pela Comissão e irão servir para que os deputados possam acompanhar, fiscalizar e cobrar as ações efetivas para minimizar o problema, bem como evitar que ele se espalhe por outras cidades do Piauí. 

 

 

Ascom Parlamentar - Edição: Katya D'Angelles


Fonte: Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Alepi

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas