• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Uruçuí

Disputa eleitoral em Uruçuí contará com quatro candidatos

O atual prefeito, com mandato conturbado, tentará a reeleição

05/07/2012 12:22h

Em Uruçuí, cidade do sul do estado que fica aproximadamente a 453 km de Teresina, as campanhas eleitorais para este ano estão acirradas. Quatro candidatos disputarão o cargo máximo do executivo municipal, sendo que todos os nomes são bem cotados pela população para o pleito eleitoral de 2012.

Em convenção realizada no dia 29 do mês passado, a coligação que conta com os partidos: PTB, PDT e PRB, homologaram a candidatura do ex-deputado Leal Júnior (PSB) e do seu candidato a vice-prefeito Baltazar.

Em sua fala Leal Júnior destacou a importância da formação de uma chapa comprometida com o povo e completou: "Nós estamos iniciando um processo para buscar o apoio popular. Para conquistar o eleitor. Para dizer das nossas propostas, para dizer dos nossos compromissos. Para dizer que a nossa vontade aqui, acima de tudo é de trabalhar por Uruçuí. Para dizer que não temos projeto pessoal."

O candidato ainda alfinetou o atual poder executivo municipal quando relatou que: "As pessoas que aqui chegam ficam encantadas com o trabalho da iniciativa privada, as pessoas que aqui chegam também percebem a presença do poder público federal e do poder público estadual, mas as pessoas que aqui chegam percebem que aqui não há a presença do poder municipal."

O candidato a vice-prefeito, Baltazar, era cotado para exercer o mesmo cargo na tentativa de reeleição do atual gestor do município, Valdir Soares, mas teve seu apoio cancelado por determinação do diretório estadual do partido ao qual é filiado. Além de Baltazar, outras lideranças também cancelaram o apoio ao candidato à reeleição.

Valdir Soares (PT), que teve um mandato conturbado, marcado pelo rompimento com seu vice logo após a sua eleição e pelo número de vezes em que foi afastado do cargo, tenta a reeleição tendo como candidato a vice-prefeito o ex-pároco da cidade Padre Zezinho (PT).

O atual prefeito e candidato a reeleição teve seu mandato julgado pela última vez na manhã de terça-feira (03). Mesmo acusado de enriquecimento ilícito e peculato, Valdir permanecerá no cargo por decisão do desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar, relator do processo e presidente da 1ª Câmara.

Outros nomes cotados para as eleições deste ano em Uruçuí são os de Rita Melo (PSDB), que terá sua candidatura apoiada pelo deputado estadual Luciano Nunes e tem como candidato a vice-prefeito Altair Fianco (PHS); e Renata Coelho (PMDB), esposa do ex-prefeito Chico Filho, que tem como candidato a vice-prefeito Pedro Cortez (PSB).

Cancelamento de filiação

Informações repassadas dão conta de que dois candidatos ao legislativo municipal cancelaram suas filiações ficando fora do processo eleitoral. Carlos Silva, presidente do sindicato dos motos-taxistas de Uruçuí, e Ribamar Mateus, ambos do PSD, solicitaram o desligamento.

Carlos Silva cancelou sua filiação por não apoiar a aliança feita entre o partido em que estava filiado e o PMDB e não decidiu ainda quem apoiará nas eleições durante o pleito.

Edição: Francicleiton Cardoso
Por: Francicleiton Cardoso

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas