União

União é o primeiro município piauiense a iniciar trabalhos em Saúde Mental

Capacitação com profissionais da saúde foi realizada na manhã desta quarta (31)

01/06/2017 12:14h - Atualizado em 01/06/2017 12:21h

Compartilhar no

União saiu na frente mais uma vez e é referência aos demais no quesito Saúde Mental. Na manhã desta quarta (31) a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde realizou o Curso de Apoio Matricial em Saúde Mental na Atenção Básica. O evento aconteceu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores (STTR) e teve o objetivo de capacitar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários e outros profissionais da Saúde.

A secretária de Saúde, Dra. Anne Costa destacou que a capacitação vai melhorar e agilizar os atendimentos em Saúde Mental. “Capacitando as equipes do Programa de Saúde da Família (PSF), damos a eles a oportunidade de realizar os atendimentos mais simples em Saúde Mental. Isso vai diminuir o fluxo de atendimento do CAPS e dar mais agilidade à resolução destes casos”, frisou.

Prefeito, Dr. Paulo Henrique falou durante a abertura do evento

O prefeito, Dr. Paulo Henrique, lembrou que o CAPS de União foi o 1º do Piauí, inaugurado na gestão do seu pai em 2004. “Nosso CAPS foi o primeiro do Piauí, infelizmente a gestão anterior não teve muito compromisso, mas estamos retomando com força total e dando mais qualidade aos atendimentos. Tenho certeza que União será referência para todo o Estado com as ações que estamos realizando”, destacou.

A gerente de Saúde Mental da SESAPI, Dra. Gisele Martins, elogiou o empenho da gestão. “Viemos aqui participar deste encontro e ver de perto o trabalho que vem sendo feito por esta gestão. Constatamos aqui que há realmente um compromisso por parte da Prefeitura em oferecer mais qualidade e com isso União é hoje o primeiro município piauiense a iniciar os trabalhos em Saúde Mental”, pontuou.

Durante a programação do evento os profissionais participaram de palestras e oficinas sobre os trabalhos, cuidados e acolhimento dos pacientes. O ponto alto do evento foi a palestra “Matriciamento em Saúde Mental: diálogos e vínculos necessários”, ministrada pela Dra. Lúcia Santos, Pós-Doutora em Saúde Coletiva pela UNICAMP.

Compartilhar no
Fonte: Ascom

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas