• Enem
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner
União

Procurador vai ao TCE para buscar solução para os aprovados em concurso

Procurador Geral de União vai ao TCE para buscar solução para os aprovados em concurso público

08/05/2019 19:33h - Atualizado em 08/05/2019 19:38h

O Procurador Geral do Município de União/PI, Dr. Pedro Costa, esteve nesta quarta-feira (8), no Tribunal de Contas do Estado do Piauí, reunido com a Auditora de Controle Externo e Chefe da Divisão de Registros de Atos de Pessoal, Dra. Carolline Leite, para tratar novamente o concurso público realizado pelo Município de União/PI no ano de 2015, na gestão do ex-prefeito Gustavo Medeiros, em virtude da existência de várias ilegalidades no certame. 

Recentemente, o TCE/PI julgou o TC/009881/2015 que analisou a regularidade do concurso realizado. A corte de contas concluiu pela ocorrência de diversas irregularidades, dentre elas, a oferta de vagas para professores e agentes de endemias sem a devida e necessária previsão legal de criação de tais vagas.

Diante da situação, a atual administração vem tomando as medidas necessárias para a regularização da situação para que nenhum servidor público seja prejudicado. 

De acordo com o Procurador Geral, a atual gestão vem debatendo com o TCE/PI a melhor solução para a resolutividade do caso. “O Prefeito de União/PI, Dr. Paulo Henrique, pediu para que a Procuradoria, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Saúde, aja de forma rápida e eficiente para que nenhum professor e agente de endemias saia prejudicado”, afirma. 

A solução para o problema em discussão, de acordo com o Procurador Geral, Dr. Pedro Costa, "será a criação de uma nova lei estabelecendo o quantitativo de pessoal existente das categorias afetadas na atual administração, com base em entendimento jurisprudencial da Corte de Contas. Não permitiremos que nenhum servidor que lutou arduamente para assumir o seu posto de trabalho seja prejudicado por erros de gestão anterior. A correção desse erro é um compromisso da atual gestão".

O Procurador afirmou também que o Prefeito pretende enviar os dois projetos de lei para a Câmara Municipal ainda neste mês, com pedido de urgência. E, logo depois, comunicar ao TCE/PI sobre a criação de tais leis.


Deixe seu comentário