São João do Piauí

Rodovia entre São João e canto do Buriti é a pior do Estado, aponta CNT

Percurso de quase 100 km eé feito em mais de 2 horas

14/11/2012 11:32h

Compartilhar no

A rodovia estadual PI-141, no trecho entre São João do Piauí-Brejo do Piauí-Canto do Buriti, é a que se encontra em piores condições em todo o Estado do Piauí, segundo revelou a Pesquisa CNT de Rodovias 2012, em que é feito um levantamento das verdadeiras condições das rodovias brasileiras, analisando criteriosamente o estado de conservação e a trafegabilidade de cada uma delas.

Construída ainda no início da década de 90, durante o Governo Freitas Neto, a estrada nunca foi restaurada. Hoje, para percorrer os cerca de 96 quilômetros entre São João e Canto do Buriti, gasta-se pelo menos 2 horas.

A Pesquisa CNT de Rodovias já havia apontado a PI-141 como a quarta pior rodovia de todo o país em sua edição de 2009. O Governo do Estado recuperou, de lá pra cá, o trecho entre Canto do Buriti e Eliseu Martins.

Uma emenda de bancada apresentada pelo deputado Paes Landim(PTB-PI) ao Orçamento Geral da União deste ano de 2012 prevê recursos no valor de R$ R$23,9 milhões para a restauração da PI 141, no trecho Canto do Buriti-Brejo do Piauí-São João do Piauí. Na reunião com a bancada piauiense ocorrida na última quarta-feira(07).

O Governador Wilson Martins(PSB) informou aos parlamentares piauienses que o Departamento de Estradas e Rodagens-DER já tem o projeto de recuperação da rodovia concluído.O Senador João Vicente Claudino(PTB), coordenador da bancada do Piauí, por sua vez, informou que encaminhou expediente à Ministra da Secretaria de relações Institucionais, Senadora Ideli Salvatti, solicitando a liberação dos recursos da emenda.

Concluída, a PI-141 permitirá a ligação de São João do Piauí com o sul do Estado, bem como servirá como alternativa para o acesso a Teresina, passando por Floriano. Além disso, com as perspectivas de conclusão da Ferrovia Transnordestina e a instalação de um porto seco em Elizeu Martins, a rodovia permitirá o escoamento da produção da região de São João para os grandes centros comerciais do país.

Compartilhar no
Fonte: Da redação
Edição: Wberlanill Dias
Por: Wberlanill Dias

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas