• Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia
Picos

Vereador pode deixar a base do Padre Walmir e se aliar a Gil Paraibano

Vereador Iata Rodrigues pode deixar a base do Padre Walmir e se aliar a Gil Paraibano

27/07/2016 08:55h - Atualizado em 27/07/2016 09:21h

Sentindo-se preterido pelos partidos pequenos que compõem a base de apoio ao prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), o PSB pode abandonar a aliança governista e se aliar a outras forças políticas. O alerta foi feito nesta terça-feira, 26, pelo presidente da sigla, vereador Iata Rodrigues, que antecipou a convenção para o próximo domingo, 31.

O parlamentar alerta que, apesar de fazer parte da base aliada do Padre Walmir, o PSB está tendo dificuldade dentro do grupo no que tange às coligações proporcionais. Segundo ele, partidos como o PCdoB e PSL sempre estão colocando empecilhos no momento de se coligar com os socialistas.

Iata Rodrigues ressalta que o PSB foi esvaziado e hoje não tem condições de concorrer em pé de igualdade com partidos como PMDB, PSD e PTB. Sua pretensão é se aliar com as siglas consideradas pequenas como PSL e PCdoB, mas estes não querem, embora saibam que não haverá nenhum prejuízo, para eles, pelo contrário, vão é aumentar os votos.

“Desde o começo venho tentando na diplomacia tratar sobre essa aliança. Pessoas como o ex-prefeito José Néri de Sousa (PTB), vereador Hugo Victor (PMDB) e o próprio prefeito Padre Walmir (PT) vêm incentivando para que isso aconteça. Infelizmente, se aproxima o prazo final das convenções e não estou sentindo nenhuma disposição em me aceitarem” – reclama Iata Rodrigues.

O Presidente do PSB diz que não pode forçar ninguém a aceitá-lo e por isso está correndo o risco de ser prejudicado. Diante da situação, marcou a convenção para o próximo domingo, 31, oportunidade em que os correligionários decidirão os rumos que o partido vai tomar. E uma das alternativas é se aliar ao ex-prefeito Gil Paraibano (PP).

O vereador disse que já conversou com lideranças dos vários partidos, incluindo o ex-prefeito Gil Paraibano e a deputada Belê Medeiros, ambos do PP, e com o servidor público federal Júnior Nobre, pré-candidato a prefeito pelo PSC. Mantém conversas constantes com o Padre Walmir (PT), mas até o momento nada foi decidido. Por isso, garante que esse passo decisivo caberá aos convencionais no próximo domingo, 31 de julho.

Fonte: Cidades Na Net

Deixe seu comentário