Pedro II

A cidade de Pedro II comemora 158 anos de muita história

A cidade é só festa

11/08/2012 07:21h

Compartilhar no

Somos frutos dos primeiros fundadores portugueses que fizeram dessa terra, a sua terra abençoada para viver e prosperar encantados primeiro, com os confrontos da Serra da Ibiapaba elevada bem próximo ao céu que nos favorece um clima ameno, temperaturas inferiores a 20° graus centígrados, uma dádiva para um município localizado em um estado tão aquecido como o nosso... Dádiva, que nos dá à alcunha de suíça piauiense que nos favorece a Cruviana que nos banham as manhãs ou as noites mais frias inspirando poetas de nossa terra.

A natureza nos tem sido mãe no Mirante do Gritador, nos mostrando a belíssima paisagem que tem brotado nesse valoroso chão, tão valoroso em sua imensa riqueza mineral, tão valoroso em sua riqueza real... Real, rica, opulenta, necessária, de beleza singular é a nossa Gema de Opala, uma gema rara que tem encantado o mundo na unicidade de suas cores inesquecíveis.

O que dizer então das figuras rupestres encontradas no povoado Lapa, tanto valor histórico ainda a ser explorado; Figuras que nos reportam aos nossos antepassados que amavam essa terra não menos que nós. A Pirapora de muitos poemas e contos, a Cachoeira do Salto Liso de muitos banhos refrescantes que como antes também aconteciam... O Pequi saboreado pelo os filhos dessa terra, os festejos que trazem alegria de noite e de dia, a beleza dos folclores.

Pedro II da rica tecelagem, da arte santeira, das artes plásticas admiradas pelo mundo afora, do festival de inverno tão badalado aqui e lá fora, da aguardente artesanal que faz sonhar o caboclo da dura realidade da lida. Pedro II das farinhadas, das antigas fazendas de algodão, dos filhos ilustres que fizeram e fazem histórias nos mais diversos seguimentos da nossa sociedade... Na política, na economia, na magistratura, nas letras, na medicina.

A história desse estado não pode ser escrita sem reportar-se a contribuição do povo pedrossegundense, escreveu um de seus filhos ilustres desembargador aposentado Tomaz Gomes Campelo na obra intitulada Antologia de Pedro II em 28 de setembro de 2002. De valores em valores cresce Pedro II, a nossa gente, a nossa história.
Pedro II, eis a nossa cidade de ontem, de hoje e para sempre.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas