Parnaíba

Parnaíba se prepara para os festejos juninos

O comercio aquece nessa época

05/06/2013 09:09h

Compartilhar no

Parnaíba se prepara para os festejos juninos

A partir deste mês de junho, as cidades do interior do Brasil, principalmente do nordeste, param para celebrar as festas de São João. As festas juninas são uma espécie de carnaval fora de época e homenageiam São Pedro, Santo Antônio e São João. Ao longo do mês, o tradicional festejo católico é realizado em praças públicas, igrejas, clubes, escolas e áreas residenciais de todo o País.

É tempo de comidas e danças típicas, fogueiras e simpatias. Para tornar a festa ainda mais bonita, o Ministério do Turismo (MTur) destinou R$ 8,35 milhões para 40 projetos que contemplam além de festas juninas, comemorações natalinas e festivais gastronômicos e de música.

As festas juninas tem muito forró, quadrilha e comidas típicas esperam por turistas e amantes de São João num evento que acontece todos os anos em Parnaíba.

Quem fica contente com esse movimento é o comercio parnaibano.

O movimento das quadrilhas de rua e nas escolas vem sendo responsável pelo aquecimento do comércio na venda de tecidos e acessórios juninos, não só para os brincantes, mas, também, para o público que incorpora o espírito junino. Todos ganham um extra nessa época desde Fotógrafos, Costureiras, Artesãos, Barraqueiros, Músicos e os brincantes de quadrinhas que passam o ano inteiro ensaiando suas coreografias para ser apresentada durante o São João da Parnaíba.

Vale lembrar que os fogos de artifícios devem ser soltos por adultos e com experiência!

O movimento das quadrilhas tem crescido muito, destacando-se as quadrilhas: Rei do Cangaço, Mistura Junina, Balança Mais Não Cai, Espalha Brasa, Sanfona de Prata, Balancinha, Anarriê, Fogo de Palha, Furacão Nordestino e Lumiar, responsáveis pelo mais belo Arraial São João da Parnaíba”, do estado do Piauí.

Compartilhar no
Fonte: Brasilturis
Edição: Erismar Dias Calixto
Por: Erismar Dias

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário