• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Parnaíba

Marinha faz vistoria no Delta do Rio Parnaíba

Semar liberou as prais, mais a Marinha continua monitorando as praias piauienses

22/11/2019 00:02h - Atualizado em 22/11/2019 00:16h

A praia Pedra do Sal, em Parnaíba (a 324 km de Teresina), foi liberada para banho nesta quinta-feira(21) pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Semar). O local foi considerado impróprio depois que manchas de óleo atingiram a praia no último fim de semana.

A Semar autorizou novamente o banho, depois que de percorrer mais de dez quilômetros e não serem visualizados novas manchas ou fragmentos do óleo. O órgão é responsável pela balneabilidade das praias do Piauí e ontem já havia permitido, novamente, o banho nas praias de Atalaia e Peito de Moça em Luís Correia. 

 Com esta permissão, todas as praias do litoral piauiense estão liberadas para o banho. 

Em nota, a Secretaria informou que, juntamente com Capitania dos Portos, percorreu 130 quilômetros em alto mar, entre os dias 18 e 19 de novembro (segunda e terça) em forma de zigue-zague, partindo do entreposto pesqueiro Anchieta Pescados, seguindo até a praia de Maramar, com o objetivo de interceptar manchas de óleo na corrente marítima que pudessem ser depositadas nas praias entre Peito de Moça e Delta do Parnaíba. 

“Considerando que desde a data em que as praias foram classificadas como impróprias para banho, a quantidade de resíduo coletado reduziu significativamente, e considerando os resultados observados no monitoramento, A Semar classifica a Praia Pedra do Sal como própria para banho”, informa a nota do órgão, ressaltando que a sitPedra douação apresentada não significa que novas manchas não possam aparecer posteriormente.

A marinha está fazendo o patrulhamento nas praias do litoral piauiense mais precisamente na região do Delta a fim de saber se os mangues foram afetados pelo óleo.

Uma verdadeira força tarefa que engloba Mergulhadores de Combate, Tropa de Elite da Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Polícia Federal, saiu na manhã desta quinta-feira (21) do Porto dos Tatus, em Ilha Grande do Piauí,  para ação de monitoramento no Delta do Parnaíba.

Fonte: ascom Marinha
Edição: Calixto Dias

Deixe seu comentário