Parnaíba

Crianças disputam comida com urubus no lixão de Parnaíba

As crianças aparentavam ter entre 3 a 10 anos de idade.

24/10/2013 16:24h - Atualizado em 04/06/2021 10:09h

Compartilhar no

A disputa entre crianças e urubus por alimento levou o Ministério Público a investigar o aterro sanitário de Parnaíba na manhã desta quinta-feira (24). A iniciativa partiu de um vídeo que registra várias crianças rasgando lixo, juntamente com urubus em busca de alimentos. A Promotoria de Justiça não disponibilizou o vídeo para a imprensa.

Os promotores Cristiano Peixoto, Joselisse Nunes, Fernando Soares, juntamente com a Polícia Militar e o Conselho Tutelar de Parnaíba estiveram no aterro sanitário, localizado na BR 402, para constatar a veracidade da denúncia. Na presença do grupo interventor, as crianças abandonaram a cata ao lixo e pediram para não serem levadas. As crianças aparentavam ter entre 3 a 10 anos de idade.

O Proparnaiba.com, fez registros de uma mulher com algumas crianças no lixão. Questionada se as crianças eram filhos dela, respondeu que não. Os promotores quiseram saber onde os pais estavam. A mulher disse que se encontravam em casa. Em seguida, a avó de uma menina chegou até o lixão com o documento da criança. A realidade foi constada e alguns pais foram chamados   atenção por conta também do trabalho infantil.

Ainda está sendo investigado se as pessoas estão tendo acesso ao lixo hospitalar que fica separado por uma cerca ruim, pois a denúncia tratava também deste assunto. O promotor Cristiano Peixoto informou que na próxima semana vai haver uma reunião com o Ministério Público, Conselho Tutelar, a Associação dos Catadores e a Secretaria de Assistência Social e Cidadania para definir uma medida urgente para sanar esta realidade. Segundo os promotores, a exigência para criação do aterro sanitária será feita novamente ao Poder Executivo.

Compartilhar no
Fonte: ASCOM
Edição: Erismar Calixto

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário