• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Oeiras

BBC destaca ‘estratégia de alfabetização que revolucionou aprendizado’

BBC destaca ‘estratégia de alfabetização que revolucionou aprendizado’

31/05/2019 09:44h - Atualizado em 31/05/2019 09:46h

O êxito do projeto de alfabetização aplicado nas escolas da rede municipal de Oeiras é destaque nesta quarta-feira, 29, em reportagem da BBC News, portal da rede internacional de notícias do grupo britânico BBC.

A reportagem narra como o projeto de alfabetização e incentivo à leitura, implementado inicialmente na Escola Casa Meio Norte, em Teresina, mudou o processo de aprendizagem no ensino público. Batizada de Projeto Borboleta, a partir da ideia de transformação demonstrada pelo inseto, a iniciativa foi adotada em toda a rede municipal de Oeiras, em 2017, e defende a escuta individualizada dos alunos e a abundância de livros pare ensiná-los

De autoria das professoras Ruthneia Lima e Osana Morais, diretoras da Casa Meio Norte, o projeto enquadra os alunos em quatro grupos, a partir da capacidade de leitura - em vez de pela idade - de cada um: desde "borboletas" (os que não leem nada) passando para "andorinhas" (os que são capazes de juntar uma letra a outra, mas sem interpretá-las) daí para os "gansos" (os que conseguem ler um pouco mais, mas sem fluência) indo até as "águias" (os leitores fluentes).

Aliado aos demais esforços para incentivar a leitura e a cultura entre os jovens da cidade, o Projeto Borboleta fez com que as escolas municipais de Oeiras praticamente zerassem as taxas de abandono escolar e reprovação. "Temos quase 100% de nossas crianças do 1º ao 5º ano lendo", diz a secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, à BBC News. "Esse resultado, acima de tudo, é uma justiça social. (...) Nossas escolas passaram a ter médias semelhantes, (a notas no Ideb, medição oficial do MEC) entre 6 e 7", completa .

A reportagem destaca também outra estratégia adotada pela Secretaria Municipal de Educação de Oeiras: escola puxar para si plenamente a tarefa de alfabetizar as crianças, sem esperar contrapartidas de famílias muitas vezes desestruturadas e pouco escolarizadas.

Tiana Tapey citou como exemplo a grande quantidade de crianças de Oeiras que são criadas apenas pelas avós. "Como vamos mandar uma tarefa de casa para um menino cuja avó não sabe ler?", questionou ela no evento da FGV, realizado na última quinta-feira, 23, no Rio de Janeiro. "Então, temos que valorizar o tempo dela na escola. Se a família não consegue, nós vamos fazer mais pela criança. (...) Se ela não aprendeu, a gente retoma. Nenhum aluno a menos", argumenta a secretária.

Além da BBC News, o conteúdo foi reproduzido por outros veículos da grande mídia, como UOL e Terra. Confira a íntegra da reportagem no link: https://bbc.in/2JMiZO6.



Deixe seu comentário

Tags: oeiras, bbc,


Notícias Relacionadas