Lagoa do Barro

ALUNOS DO ENSINO MÉDIO ESTÃO SEM AULA EM LAGOA DO BARRO

Há mais de trinta dias, 60 alunos do Ensino médio do Povoado Santa Teresa, mun. de Lagoa do Barro-PI

28/03/2012 23:00h

Compartilhar no

Há mais de trinta dias, 60 alunos do Ensino médio do Povoado Santa Teresa, município de Lagoa do Barro estão sem aula.

ENTENDA:

Quando o governador Wilson Martins esteve em Lagoa do Barro do Piauí em 06/10/2011 inaugurando um Prédio do Ensino Médio, o professor Morais Siqueira em conversa com o mesmo levou a sua preocupação em ter um anexo no Povoado Santa Teresa, na mesma oportunidade fez o pedido oficial ao governador. O governador certificou-se o recebimento do documento e falou que ia providenciar o levantamento e em seguida viabilizar a instalação do anexo no referido povoado, e assim o fez, dias depois o gerente regional (SEDUC) de São João do Piauí, professor Edjofre, dirigiu-se até o município e posteriormente envio o parecer favorável à criação do anexo para SEDUC, e no final de janeiro o próprio gerente ligou para diretora da escola, Gilda Marques, informando que tinha sido aprovado e que a mesma providenciasse as matriculas dos alunos, e assim ela fez em tempo hábil.
Contudo, 30 dias se passaram, do inicio do ano letivo e nada de aula, nem o gerente regional e nem a SEDUC determinou de fato o inicio das aulas no povoado Santa Teresa. O fato é que pais e alunos a ver as aulas começarem nos outros lugares estão desesperados, já que colocaram muito expectativas, expectativas essas sem êxito.

A diretora Gilda Dias declara

:

"Já não sei o que fazer, os pais e alunos estão desesperados me procurando todos dias, que dia vão começar as aulas, e todo dia marcam uma data e nunca começam, são mais de 30 dias nessa conversa, os poucos que podem já estão começando pegar a transferência para outros lugares, dá pena quando os alunos nos procuram desmotivados, acrescentou a diretora.
A orientação da SEDUC é que tragam os alunos para Lagoa do Barro, como vamos fazer isso se as turmas já tem mais de 40 alunos, além disso, o único transporte que vem do povoado é uma camionete F.1000, como trazer 60 alunos, outra coisa, eles não agüentam, são 42km de distância, sem se falar que o transporte só vem duas vezes na semana trazer na segunda e levar na sexta, onde esses alunos e pais de família vão ficar, ou melhor, eles podem abandonar suas casas e vir para cidade? É preciso que se reflita e pensem na situação desses alunos, isso não é justo."finalizou a diretora"

A aluna Dailane Carvalho da Silva , lamenta:


"Ficamos sentidos com tanta dificuldade na instalação do Ensino Médio no Povoado Sta Teresa. Todos são sabedores da importância do Ensino Médio para nós jovens. Já que a Educação é Direitos de Todos, isso seria o mínimo que poderiam nos oferecer, diante de tanto que necessitamos. È de fundamental importância o funcionamento do ensino Médio no Povoado Santa Teresa, porque certamente vai nos dar oportunidade de continuar estudando, além de oferecer novas oportunidades aos alunos que pararam de estudar há alguns anos por conta dos pais que não tiveram condições de colocarem seus filhos para estudar em outro local. Aqui em Santa Teresa já foi concluído dez turmas de 8" série e nunca colocaram o ensino Médio, mas agora não dar mais para esperar, o Governo Estadual , Federal ou mesmo municipal precisam resolver esse problema, afinal de contas são mais de 60 alunos que estão com seus estudos interrompidos. Caso o governo estadual não se sensibilize e resolva nossa situação, iremos encaminhar um documento para o Ministério da Educação, buscando uma solução"eles precisam fazer uma parceria e solucionar o problema, finalizou Dailane.

A aluna Luciana Dias da Silva, acrescentou:

"Eu acho essencial o Ensino Médio aqui em Santa Teresa, porque a gente não vai precisar ir pra Lagoa do Barro sofrendo em cima de carro no sol quente ou na chuva. Com as voltas que o carro faz são 48 km aprox. toda segunda-feira sem falar que só tem transporte na segunda pra levar os alunos, porque passam a semana em Lagoa do Barro e na sexta-feira para voltar, sendo que temos que ficar em casas alugadas e com despesas fora do alcance dos nossos pais. E tendo o Ensino Médio no Povoado Santa Teresa nós podemos ficar em casa perto da escola, ajudando nossos pais.
Na verdade, já era pra ter o ensino Médio aqui há muito tempo, pois a mais de dez anos que alunos terminam a 8" série e param os estudos."

Dona Maria do socorro, mãe de aluno fala da importância do Ensino Médio em seu Povoado:


Olha, é muito importante o 2º grau aqui em nosso povoado, porque os nossos filhos indo para outro lugar, nós pais ficamos preocupados com os filhos e também não tenho condições de fazer muitos gastos como alugar casa e fazer as despesas com alimentações, porque nós sabemos que despesas em duas casas fica muito mais complicado. Esperamos que os governos coloquem escola aqui perto para nossos filhos.

A sra. Lusinete, mãe de aluno, fala da importância do anexo escolar para os alunos continuarem estudando:


Acho importante, porque têm alunos que só estudaram até a 8ª série e pararam de estudar porque tem uma renda muito baixa e não tem condições de alugar casas para ficar pois o lugar mais próximo para cursar o Ensino Médio Fica a 42km da localidade, sem se falar que com as voltas que o transporte faz, tem alunos que rodam em torno de 48km prox.Vejo com muita tristeza a luta de alguns que insiste ainda em estudar tão long, com tanto sacrifício Sem dúvida, se trouxessem o anexo do Ensino Médio para o povoado santa Teresa melhorava a vida dos poucos que vão pra Lagoa do Barro e daria oportunidade para tantos que pararam de estudar por falta da escola do EM em seu povoado.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário

Tags: educação,


Notícias Relacionadas