José de Freitas

O abandono do Açude da Pitombeira

O lugar está esquecido

26/03/2013 21:48h

Compartilhar no

Imagine um local em que você poderia passear com a família e curtir momentos de lazer. Imagine também que esse lugar seja um espaço arborizado e público, equipado com pista de passeio (na extensão do paredão), pontos de visitação, trampolins, mirantes e quiosques com churrasqueiras. Tudo de graça.

Acredite se quiser, essa era a situação do Balneário Pitombeira na década de 90. O balneário que conhecemos hoje, e que passou por ampla reforma durante o mandato do ex-governador Freitas Neto, era um espaço público, conservado, e que atraía pessoas de várias cidades do Piauí, principalmente no período da Semana Santa.
Os anos passaram e a situação que os freitenses presenciam hoje é bem diferente. O Balneário Pitombeira, conhecido também como Açude da Pitombeira, está depredado, a água está suja, poluida e cheira mal, o que incomoda os moradores que residem próximo ao espaço. Bancos e mesas e passarela estão quebrados, já não existe quiosques com churrasqueiras e, muito menos, todo aquele espaço de lazer citado no início da matéria.

Essa era a passarela de passeio do açude

O que antes era considerado local de diversão, tornou-se preocupação e desconforto.

Se fosse revitalizado, o Balneário Pitombeira seria um ótimo ponto de lazer, um cartão postal de José de Freitas. Porém, as últimas administrações (tanto estadual, como municipal) não atentaram para a importância do local que já foi um dos maiores pontos turisticos do estado.

Fotos: James Gdansk

Compartilhar no
Edição: Cleto Cavalcante
Por: Cleto Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas