Gilbués

Restam 50 quilômetros para a estrada Gilbués/Santa Filomena ser concluída

BR-235/PI

20/07/2013 20:46h - Atualizado em 20/07/2013 22:31h

Compartilhar no


A BR-235/PI, em seu segundo trecho, é uma rodovia que se estende de Gilbués/Monte Alegre e Santa Filomena, fazendo a ligação entre o sudoeste do Piauí e o extremo-sul do Maranhão.

A obra, financiada pelo Governo Federal através do PAC 2, tem investindo superior a R$ 102 milhões. Dos 130 quilômetros projetados para a rodovia, 80 deles já se acham asfaltados, embora ainda faltem obras de arte e sinalização horizontal/vertical. 

Os serviços de terraplenagem já alcançam mais 6 quilômetros, estando nas proximidades do Povoado Matas. A meta do governador Wilson Martins é inaugurar a nova rodovia no início de 2014, talvez dia 21 de março em Gilbués/Monte Alegre e no dia seguinte em Santa Filomena.

Integração inter-regional - De acordo com o DNIT, órgão responsável pela rodovia, a BR-235 facilitará o acesso e a integração entre o litoral sergipano - mais notadamente a capital Aracaju - com regiões densamente povoadas do interior do norte-nordeste brasileiro, tais como: do pólo Juazeiro/Petrolina, nas divisas entre os estados da Bahia e de Pernambuco, a 422 quilômetros da capital sergipana; de São Raimundo Nonato, cidade situada às margens do Parque Nacional Serra da Capivara, mais importante patrimônio pré-histórico do Brasil, que se localiza no estado do Piauí e a 778 quilômetros do litoral; e de Palmas, capital do Tocantins, a 1637 quilômetros do início da rodovia, na capital sergipana. 

A BR-235 termina no Campo de Provas Brigadeiro Velloso, uma base da FAB (Força Aérea Brasileira), localizada na Serra do Cachimbo, em Novo Progresso, no sudoeste do Pará, na microrregião de Itaituba, após passar pelas regiões dos Carajás e do Tapajós.

Com a implementação efetiva da rodovia, ocorrerá a modernização e estímulo à interiorização do crescimento populacional e econômico das localidades contempladas no norte-nordeste ocasionando, dessa forma, um novo ciclo de desenvolvimento em todo um grande rincão do Brasil, principalmente na antes esquecida região de Santa Filomena, a 925 km de Teresina.


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: José Bonifácio GP1
Edição: Henrique Guerra
Por: Henrique Guerra

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas