Gilbués

Piauí tem queda de 2,6% em maio no setor de serviços, segundo IBGE

Retração nos últimos 12 meses é de 1,9%, de acordo com instituto. Economista aponta incertezas da economia, como motivo para queda.

14/07/2017 10:29h - Atualizado em 14/07/2017 10:33h

Compartilhar no

O setor de serviços teve uma queda de 2,6% no mês de maio em relação a abril No Piauí. O dado é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta quinta-feira (13) como resultado de uma retração no mês anterior de 6,4%, na comparação com março deste ano. No Brasil o IBGE apontou que o setor teve uma alta de 0,1% em maio. O resultado aponta para a estabilidade na comparação com Abril.

De acordo com o levantamento divulgado pelo IBGE considerando a série histórica, sem influências sazonais, nos primeiros cinco meses deste ano a variação do volume de serviços ficou com um resultado negativo em 0,3% e nos últimos 12 meses a queda é de 1,9%. O ajuste sazonal considera feriados e outros aspectos do calendário para o cálculo do índice.

Para o economista Francisco de Sousa, o resultado representa o cenário econômico do país nos últimos tempos. “Os resultados são um resultado do cenário em que falta uma retomada para a economia. Ainda não houve um processo de aquecimento e por isso alguns índices dão sinal que podem reagir, enquanto outros ainda não, como é o caso do setor de serviços”, analisa.

Considerando a variação de volume de serviços com o ajuste sazonal o mês de maio registrou também uma queda de 0,5%, mantendo uma tendência de queda dos meses anteriores que ainda registraram saldo positivo de 0,5% em março e 0,1% em abril. A variação da receita nominal de serviços. Teve uma elevação de 6,9% em maio, enquanto no ano acumula resultado positivo em 8,1% nos cinco primeiros meses de 2017. Nos últimos 12 meses a elevação da receita foi de 2,6%.

Compartilhar no
Fonte: Carlos Rocha, G1 PI
Edição: Henrique Guerra
Por: Henrique Guerra

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas