Gilbués

Continuam os serviços de recapeamento asfáltico da BR-135, no sul do Piauí.

PI

08/11/2012 15:06h

Compartilhar no

Trecho da BR-135/PI (TRANSPIAUI) em obras de recapeamento asfáltico, entre as cidades de Monte Alegre e Gilbués.

O Governo Federal continua executando - embora lentamente - através do DNIT o serviço de rejuvenescimento da BR-135, trecho ligando Elizeu Martins à divisa com a Bahia. Com 400 km de extensão, a obra é realizada pela Construtora Sucesso; ao custo de R$ 153 milhões.

O deputado estadual Fábio Novo (PT) no dia 31/10/12 esteve na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para cobrar agilidade nas obras de recapeamento asfáltico da BR 135 (Transpiauí), trecho que liga os municípios de Elizeu Martins a Cristalândia, indo até a divisa com o estado da Bahia.

Serviço de rejuvenescimento da rodovia Transpiauí (BR-135), logo depois da BR-235 (estrada Gilbués/Santa Filomena).

O parlamentar pediu atenção especial ao percurso de 180 quilômetros entre Gilbués e Bom Jesus, face às difíceis condições de tráfego. Além das péssimas condições da pista, quase não existe acostamento, obrigando motoristas a se aventurarem em manobras arriscadas.

Ainda conforme o petista Fábio Novo, forte liderança política na região de Bom Jesus, a obra prevê o recapeamento dos 400 quilômetros de rodovia, e que a BR 135 ganhará 40 km de acostamento nos pontos mais críticos, onde são registrados o maior número de acidentes.

Buraqueira na BR-135 (subida da Serra da Santa Marta, sentido Corrente/Gilbués), atormentando a vida dos motoristas.

Crateras se formam na reta da Serra da Santa Marta, mostrando o desleixo do Governo Federal para com as rodovias.

E o perigo continua na descida da Santa Marta, pois além do declive acentuado e do abismo, o acostamento virou pista.

A rodovia também será alargada nas zonas urbanas dos municípios de Alvorada do Gurgueia, Redenção do Gurgueia, Monte Alegre, Gilbués, São Gonçalo, Corrente e Cristalândia do Piauí. A BR-135 foi construída quando Alberto Silva governou o Piauí pela primeira vez, entre 1971 e 1975. Sob a euforia do crescimento econômico, provocada pelo chamado "Milagre Brasileiro", a rodovia "Transpiauí" surgiu com a intenção de ligar Parnaíba, no litoral, a Corrente, cidade localizada no extremo sul piauiense, à época limite com a Bahia. Essa estrada objetivava, por conseguinte, permitir a ligação do Piauí a Brasília, passando pelo interior.

Compartilhar no
Fonte: José Bonifácio
Edição: Henrique Guerra
Por: Henrique Guerra

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário

Tags:


Notícias Relacionadas