• Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Gilbués

15 de novembro de 2017

Chuvas aliviam o sofrimento em municípios do Extremo Sul do Piauí

Gilbués

As chuvas dos últimos dias na região do Extremo Sul do Piauí, foram suficientes para começar a mudar o cenário da paisagem seca e cinzenta da caatinga e do cerrado, que aos poucos, já está sendo substituída por uma nova relva em matizes verdejantes.

A vida multicolorida que alegra nossos campos já começa a brotar, cobrindo a terra com vegetação que serve de alimento para os animais neste sertão de solo esturricado.

Em muitas comunidades, de Cristalândia a Manoel Emídio, de Santa Filomena a Avelino Lopes, as aguadas começam a encher novamente, o que faz renovar a esperança dos produtores rurais.

Em Cristalândia a chuva chegou após oito meses de seca, alagou ruas, encheu barragens e amenizou a situação de milhares de famílias que estavam sendo abastecidas por caminhão pipa. 

Em Morro Cabeça no Tempo e Curimatá a situação não era diferente. Vários caminhões pipa percorriam centenas de quilômetros diariamente para abastecer a população sedenta. Estes municípios não tinham água sequer para a labuta doméstica. Em algumas localidades na zona rural o lombo do jegue era o transporte mais eficiente.

Em Avelino Lopes, onde a chuva mais demorou de chegar, não chovia a nove meses. Por lá, a situação era preocupante; o gado magro e as pastagens muito seca tirava o sono de muita gente.

Em Corrente, Sebastião Barros e Parnaguá a chuva foi um alívio para os criadores de gado que nos últimos anos reduziram os rebanhos para diminuir os prejuízos.

Estas cidades sofreram um forte impacto no comércio de gado devido à longa estiagem. A principal reação será percebida na produção do leite e seus derivados que aumentará significativamente nas próximas semanas; o gado leiteiro já se alimenta da nova vegetação, ganhando peso e produzindo mais do precioso e nutritivo alimento.

Em Bom Jesus, Palmeira do Piauí, Currais, Gilbués e Santa Filomena cada pingo no chão representava a esperança de dias melhores, renovando a fé dos produtores de grãos e dos trabalhadores da agricultura, significando o aumento da oferta de emprego na região com o início do plantio da safra 2018.

Com a chegada das chuvas as esperanças se renovam, principalmente, para quem se mantém da renda da agricultura familiar.

A expectativa é de que em breve aumente a produção de frutas, legumes e outros alimentos como: mandioca, o milho e o feijão, amenizando a fome na região.

A chuva é a beleza e a alegria do sertão. O semblante de alegria já visível no rosto de cada cidadão do extremo sul piauiense.

12 de novembro de 2017

11 de novembro de 2017

BALANÇA COMERCIAL DO PAIUÍ

PIAUÍ

Foi publicada que a balança comercial do Piauí foi favorável em setembro de 2017. Salientamos o impacto da matéria. Você sabe o que é balança comercial? Pois bem, balança comercial são as exportações das commodities (produto) ou importações das commodities (produto). “ Segundo o portal do governo do Piauí, em setembro do corrente ano, ás exportações somaram US$ 46.268.091 milhões, enquanto ás importações foram de US$ 13.059.336 milhões”. 

 Neste caso dizemos que a balança comercial foi favorável ou positiva. Meu faro de economista releva que a matéria esta incompleta, haja vista, que ás balanças comerciais são publicadas mensalmente de todos os municípios e estados brasileiros. Fomos atrás, percebemos uma maquiagem dentro da matéria, pois o governo só publica as coisas favoráveis de sua gestão. Portanto, em Outubro do corrente ano, o Piauí, deve suas exportações reduzidas em quase 70%, pois somaram US$ 10.640.673 milhões de exportações, enquanto ás importações somaram US$ 19.074.205. 

 É uma obviedade que a balança comercial do Piauí foi desfavorável ou negativa, não só em outubro, mais em outros meses do ano 2017. Piauí vivi uma crise sem precedente, os fatos comprovam, não há de se falar em crescimento econômico no estado. Obviamente que precisamos de políticas voltadas para o desenvolvimentismo do Piauí, e não projeto de assistencialismo barato, onde não vemos progresso de crescimento econômico. 

 Precisamos fomentar o empreendedorismo da indústria, do agronegócio, da agricultura familiar, do turismo dentre outras.

06 de novembro de 2017

ENEM tem maior índice de abstenção desde 2009

PIAUÍ

Os 6,73 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, 30,2% não compareceram ao primeiro dia de provas. Esse é o maior índice de abstenção desde 2009, quando foram registradas 37,7% de ausência.

No total, 273 pessoas foram eliminadas no primeiro dia, sendo que 264 foram por descumprimento das regras gerais do edital e nove por terem algum equipamento identificado pelos detectores de metal. Em 2016, o exame teve 3.942 eliminações ao final do primeiro dia e 4.780 no segundo.

Não foi identificado nenhum caso de candidato usando ponto eletrônico, apenas uma pessoa que usava um fone de ouvido, que foi desclassificada. “A própria divulgação de que estamos utilizando equipamentos que identificam o uso de transmissores deve ter inibido os malfeitores que tentam ir no caminho dessa fraude”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho, em entrevista agora à noite. Neste ano, pela primeira vez foram utilizados detectores de ponto eletrônico.

O Inep também identificou dois casos de pessoas que saíram do local da prova antes do horário e também foram eliminadas. Um candidato foi identificado com um cigarro de maconha no bolso, mas ele pôde concluir a prova.

Duas turmas não conseguiram concluir a prova por falta de energia, uma em Teresina (PI) e outra em Uruaçu (GO). Esses alunos terão que refazer a prova em dezembro e, segundo o Inep, não serão prejudicados.

De acordo com o instituto, o participante isento de pagamento da taxa de inscrição do Enem 2017 que não compareceu às provas e deixar de justificar essa ausência do sistema de inscrição do Enem 2018, por meio de documento legal, perderá o direito a nova isenção.



18 de outubro de 2017

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

14 de outubro de 2017

UESPI de Corrente registra aprovação antecipada na OAB de 14 acadêmicos

PIAUÍ













Quatorze acadêmicos do 10º Bloco do Curso de Bacharelado em Direito da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Dep. Jesualdo Cavalcanti, foram aprovados na segunda fase do XXIII Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), um índice de causar inveja às melhores universidades. O resultado preliminar foi divulgado na tarde desta terça-feira (10) pela  Fundação Getulio Vargas (FVG).

De acordo com o coordenador do curso, Abgail Guerra, dos 42 estudantes da turma apenas a metade realizou a prova, sendo 14 destes aprovados. “O restante passaram na 1ª Fase e vão fazer no próximo exame a repescagem. É de fato uma grande conquista para esses alunos”, comenta o professor.

Os bacharéis podem entrar com recurso entre as 12h desta quarta-feira (11) e as 12h de sábado (14), no horário de Brasília.

Foram aprovados Clayton Ribeiro Assis, Eder Ribeiro Belisario, Graciela Santa Barbosa Ribeiro, Ivnna Lenarra Rodrigues de Souza, Joane Lobato do Amaral, Kananda Inês Rodrigues da Cunha, Leandro Brito Souza Louzada, Lucas Pereira Campos, Maria Izadora Farias de Carvalho, Marielte Fernandes da Silva, Natália de Nazaré de Brito Medeiros, Reinadson Rocha Dias, Thiago Lustosa de Souza da Cunha e Tulio Ribeiro Alves

Aos aprovados o coordenador comenta. “Parabéns a todos esses futuros advogados, que Deus e a Ética sigam seus passos e suas ações. Aos demais, que tentaram e não conseguiram, não se desesperem e nem se frustrem, pois lembrem-se é um exame que se realiza três vezes ao ano... Boa sorte e parabéns a Turma do 10° Bloco pela conquista antecipada”.

10 de outubro de 2017

Biometria identifica pessoa com 52 títulos de eleitor, identidades e CPFs

Com isso, a pessoa poderia retirar 52 benefícios do governo como o Bolsa Família ou o INSS

Após o cadastramento biométrico de cerca de 64 milhões de eleitores para a votação por meio de impressões digitais, a Justiça Eleitoral encontrou aproximadamente 25 mil registros de título de eleitor duplicados ou múltiplos, segundo Giuseppe Dutra Janino, secretário da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "No momento de confrontar as digitais, se percebe que é a mesma pessoa. Muitas vezes, é evidente a intenção de fraude, da falsidade ideológica", afirmou Janino à reportagem. 

Segundo o responsável pela secretaria, uma única pessoa foi encontrada com 52 títulos de eleitor. "Ele tinha 52 títulos de eleitor, logo 52 identidades, 52 CPFs. Se tem 52 CPFs, poderia retirar 52 benefícios do governo como o Bolsa Família ou o INSS" O cadastramento de biometria, diz, tem ajudado a encontrar fraudes no sistema documental do País. "Isso mostra a fragilidade documental brasileira e faz um saneamento na identificação, retirando esses cidadãos das práticas criminosas"

O número de eleitores com a biometria cadastrada, até o momento, representa 44% das mais de 146 milhões de pessoas aptas a votar, e o objetivo é alcançar cerca de 80 milhões até o ano que vem. O cadastramento, porém, ainda não é obrigatório em todos os municípios. 

Objetivo

Segundo o TSE, a identificação biométrica é necessária para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral. "Não há duas digitais no mundo. Evita-se, assim, a possibilidade de uma pessoa se passar por outra no momento da votação", disse Janino

O cadastro das biometrias começou em 2008, em um projeto piloto em três municípios do Brasil que, juntos, tinham mais de 40 mil eleitores: Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). A Justiça Eleitoral estima que até 2022 todos os eleitores já tenham cadastramento biométrico, porém o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, disse que isso seria possível até 2020.

Quando se cadastrar

O calendário para o cadastro é responsabilidade de cada Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que elege a ordem dos municípios onde será feito o cadastramento e faz as divulgações. Para saber dos prazos em seu município, é preciso consultar o tribunal de sua região, o que pode ser feito pelo site.

Além da coleta das digitais, é feita a assinatura eletrônica e uma foto digitalizada. Todo o processo, segundo o TSE, dura cerca de 15 minutos.

Em muitas cidades, como a capital de São Paulo, o cadastramento está na fase ordinária - isto é, não é obrigatório, mas já pode ser feito. A vantagem é evitar filas, por exemplo. 

Quem não se cadastrar

Todos os eleitores, inclusive aqueles que têm voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade), devem fazer o recadastramento biométrico para manterem seu título regularizado. Aqueles que perderem o prazo em seu município estarão impedidos de votar até que regularizem a situação na Justiça Eleitoral.

O recadastramento é feito pessoalmente nos postos de atendimento de sua Zona Eleitoral. Segundo o TSE, eleitores enfermos podem aguardar seu restabelecimento e a Justiça Eleitoral afirma estar buscando locais com acessibilidade para atender pessoas com necessidades especiais. 

Correções

Nas últimas eleições, alguns eleitores não tiveram suas digitais reconhecidas e enfrentaram problemas para votar usando a biometria, o que acabou gerando filas e reclamações. Segundo Janino, o porcentual de não reconhecimento de digitais girou entre 8% e 10% em 2016, ano em que 46 milhões de eleitores possuíam biometria.

Ele diz que a Justiça Eleitoral "aprendeu com as experiências anteriores" e atribui o problema, principalmente, a erro no procedimento - quando o mesário não colocava o dedo corretamente no leitor biométrico - e falhas nos equipamentos. "Pode ter sido erro no cadastro, mas isso é excepcional", diz o secretário.

Situação Por Estado

Apenas Alagoas, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal praticamente finalizaram o processo de recadastramento biométrico, com a coleta das digitais de mais de 99% de seus eleitores. Os dados são do dia 8 de outubro de 2017.

Segundo o TSE, Rio de Janeiro (10,88%), Minas Gerais (16,73%) e Mato Grosso do Sul (19,48%) são os três Estados com o menor índice de recadastramento biométrico entre os eleitores. Nas capitais Rio de Janeiro e Belo Horizonte, o processo ainda é ordinário, ou seja, não é obrigatório.

São Paulo é o quarto Estado com o menor índice de recadastramento, com 28,08%. Na capital, onde há 8,89 milhões de eleitores e o processo ainda não é obrigatório, 35% já fizeram seu registro biométrico.

Primeiro repasse do FPM de outubro totaliza R$ 2,568 bi

Primeiro decêndio de outubro de 2017 teve uma queda de 2,12%, se comparado ao mesmo período do ano passado

A primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para este mês estará disponível na conta das prefeituras na próxima terça-feira, 10 de outubro. O repasse será de R$ 2,568 bilhões, em valores brutos. Se descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o montante fica em R$ 2,054 bilhões.

Segundo observa a equipe de estudos técnicos da entidade, o primeiro decêndio de outubro de 2017 teve uma queda de 2,12%, se comparado ao mesmo período do ano passado. O comparativo não considera os efeitos da inflação, que se incorporada aos cálculos, faz a queda acentuar, chegando a 4,29%.

Desde janeiro até o presente momento, os Municípios brasileiros receberam R$ 71,892 bilhões referentes ao FPM. Esse valor é 10,8% maior do que o repassado no mesmo período em 2016, sem pesar os efeitos inflacionários. Quando se coloca a inflação na balança, é possível notar seus efeitos sobre os repasses do Fundo; o percentual de crescimento no intervalo fica em apenas 6,19%.

A Confederação lembra os gestores que no total acumulado estão inclusos os repasses de 1% de julho, previsto na Emenda Constitucional (EC) 84/2014, cujo somatório foi de R$ 3,999 bilhões.

Sazonalidade

Os valores destoam bastante do que foi repassado para as prefeituras no primeiro semestre, sazonalidade característica desse período. Apesar da queda no primeiro decêndio de outubro, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) prevê um aumento de 18% em relação ao mês de setembro.

Mesmo com a estimativa, a CNM mantém a orientação aos gestores municipais de que tenham cautela ao gerir os recursos municipais.

Acesse aqui os valores do seu Município

Jogo beneficente na comunidade Vaqueta dia 12 de outubro 2017

Futebol Gilbués

O jovem Fagner Rodrigues, Convida a todos a participarem do jogo beneficente, na localidade Vaqueta no dia 12 de outubro de 2017 as 07:30 Hrs, No último dia de festejo da localidade.

Objetivo do jogo é arrecadar alimentos não perecíveis para pessoas carentes.

09 de outubro de 2017