• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia
Corrente

Prefeito participa da criação da Frente Municipalista no TO

Prefeito de Corrente participa da criação da Frente Municipalista dos Prefeitos

03/03/2016 08:49h

Brasil e Japão assinaram nesta segunda-feira, 29 de fevereiro, um acordo de cooperação, em Palmas, que permitirá investimentos na região de Matopiba, a nova fronteira agrícola brasileira situada nos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A assinatura foi feita durante o “Diálogo Brasil-Japão – Intercâmbio Econômico e Comercial em Agricultura e Alimentos”, que teve início ontem e termina nesta terça-feira (1), realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Durante o encontro o prefeito de Corrente (PI), Jesualdo Cavalcanti Barros, participou da criação da Frente Municipalista dos Prefeitos da Região de Matopiba, juntamente com os prefeitos Carlos Amastha, de Palmas (TO), Otoniel Andrade, de Porto Nacional (TO), Iriane Gonçalo de Souza Gaspar, de Pastos Bons (MA), Luciano Fonseca, de Bertolínia (PI) e Humberto Santa Cruz, de Luís Eduardo Magalhães (BA). A frente  irá trabalhar pela busca de investimentos e de políticas públicas para o desenvolvimento da região, coordenando posições sobre temas de interesse comum, identificando e aprofundando políticas específicas.

Kátia Abreu disse que a Conab vai construir quatro armazéns para grãos, com capacidade de 88 milhões de toneladas e investimentos de R$ 100 milhões. Além disso, está prevista a instalação de duas Ceasas no Matopiba, no valor total de R$ 24 milhões; dois centros de tecnologia de agricultura e baixo carbono nos municípios de Luís Eduardo e Bom Jesus com parcerias públicas e privadas e implantação de um centro tecnológico em silvicultura e agricultura de baixo carbono.

DIÁLOGO BILATERAL

O encontro em Palmas ocorre na Universidade Federal de Tocantins e conta a presença de cerca de 600 pessoas. Entre os participantes, estão os governadores dos quatros estados do Matopiba – Flávio Dino (Maranhão), Marcelo Miranda (Tocantins), Wellington Dias (Piauí) e Rui Costa (Bahia) -, secretários de estado, deputados, prefeitos, secretários do Mapa, representantes do setor produtivo, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A delegação do Japão tem cerca de 70 empresários e autoridades do governo, como o embaixador Kunio Umeda, o vice-ministro de Assuntos Internacionais do Ministério da Agricultura, Florestas e Pesca do Japão, Hiromich Matushima, o diretor-presidente da Mitsubishi Corporation do Brasil, Aiichiro Matsunaga, e o presidente da S. C. Toyota do Brasil, Toshifumi Araki.

O encontro, que começou pela manhã de ontem (29), se estendeu até o início da noite. Nesta terça-feira, 1º de março, o Ministério da Agricultura leva os japoneses para conhecer empreendimentos do agronegócio, com uma propriedade dedicada ao cultivo de frutas e empresa de processamento de grãos.

NOVA FRONTEIRA AGRÍCOLA

O Matopiba se destaca pela produção de grãos como soja, milho, arroz e algodão. Compreende uma área de 73 milhões de hectares, com 377 municípios e mais de 25 milhões de habitantes. A região tem mais de 324 mil estabelecimentos agrícolas. Atualmente responde por 10% da produção de grãos do país. O Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário somou R$ 1,3 trilhão em 2014.

No ano passado, foi criado o Plano de Desenvolvimento Econômico do Matopiba por meio de decreto da Presidência da República. É um instrumento de planejamento para modernização, competitividade, incremento de renda, mobilidade social e sustentabilidade. Os três principais eixos do plano são infraestrutura, inovação e desenvolvimento tecnológico e o fortalecimento da classe média rural.

Fonte: Ascom

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas