Coelho Neto - MA

Oficializada 1ª união estável homoafetiva de Caxias (MA)

Newton Rodrigues de Sousa, 24 anos e Mauro Sérgio Silva Santos, 38 anos.

23/09/2013 07:24h - Atualizado em 23/09/2013 08:49h

Compartilhar no

Newton Rodrigues de Sousa, 24 anos e Mauro Sérgio Silva Santos, 38 anos, formam o primeiro casal homoafetivo a se casar oficialmente em Caxias. A cerimônia aconteceu no sábado (21) às 17:30h no Balneário Veneza, um dos locais mais aprazíveis da cidade.

O casal reuniu amigos para a cerimônia, que foi simples, mas que teve um significado importante para a luta pela igualdade de direitos em Caxias. A união foi oficializada pela juíza de direito Yeda Morais e a chefe de cartório Isaura Alencar.

A "Ilha da Veneza", local escolhido para o enlace, recebeu familiares e convidados. Ao redor, uma multidão se fez presente para acompanhar a cerimônia. O casal foi recebido com pompas e chuva de arroz.

Como primeiro casal homoafetivo a ter registro em cartório de Caxias, Newton e Mauro mostraram força para superar os preconceitos e deixar uma mensagem de igualdade pelos direitos de todas as minorias.

Newton deseja que o casamento se torne exemplo para outros casais que ainda tem algum medo da sociedade. "Não nos casamos para ser algum exemplo de luta, casamos primeiro porque nos amamos e moramos juntos há 2 anos, ganhando respeito de todos. Se alguém se ama e tem vontade de concretizar esta união, que siga nosso exemplo e seja feliz", afirmou Newton..

Esta foi a segunda união estável homoafetiva a ser oficializada no Maranhão. O primeiro ocorreu em agosto, em São Luís, quando os empresários Ruber Paulo da Silva Marques e Armando de Souza Filho celebraram a união na 7ª Vara da Família, no Fórum Desembargador Sarney Costa,no Calhau.

Resolução - A oficialização do casamento civil do casal foi possível porque em maio deste ano o CNJ determinou que os cartórios de todo o Brasil realizassem tanto a conversão da união estável entre pessoas do mesmo sexo para o casamento civil, quanto o casamento diretamente. A resolução foi tomada com base em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu a validade das uniões estáveis homoafetivas, em maio de 2011.

Com o casamento, os direitos são garantidos para ambos.


Compartilhar no
Fonte: Mano Santos, com informações do blog Irmãoinaldo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas