• assinatura jornal

Notícias Cocal dos Alves

24 de abril de 2017

Município realiza campanha de vacinação contra gripe

Cocal dos Alves realiza campanha de vacinação contra gripe

Desde a última segunda-feira (17), a Prefeitura de Cocal dos Alves, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início à campanha nacional de vacinação contra a Influenza - doença mais conhecida como gripe.

Fazem parte do grupo prioritário crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade como diabetes e pressão alta e pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional. 

Neste ano, foram inclusos como público-alvo os professores ativos da rede pública e privada. A vacinação não é indicada para quem tem alergia severa a ovo.

A campanha vai até o dia 26 de maio e o dia de mobilização nacional está marcado para o dia 13 de maio, no Centro de Saúde Pedro Cardoso Veras, situado no Centro do município. A vacina contra Influenza protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

De acordo com a coordenadora de Imunização, Géssika Cerqueira , a meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. “A vacina já está disponível e é extremamente importante para evitar o agravamento dos casos de gripe que, nos grupos prioritários, pode levar à morte”, diz.

24 de fevereiro de 2017

Prefeitura entrega novo Centro de Referência de Assistência Social

Prefeitura de Cocal dos Alves entrega novo Centro de Referência de Assistência Social

O novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Cocal dos Alves, situado na Rua 13 de Maio, no Centro do município, foi entregue durante solenidade realizada nessa quarta-feira (22), com a presença do prefeito Osmar Vieira, secretários municipais, vereadores e populares. Na ocasião, também foi apresentada à população toda a equipe do Centro.

Durante a solenidade de inauguração, que contou com apresentações artísticas e musicais, a secretária municipal de Assistência Social, Jesus Frota, agradeceu a presença de todos e afirmou que “o CRAS irá oferecer o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Também será realizado o trabalho de acolhida; estudo social; visita domiciliar; orientação e encaminhamentos; grupos de famílias; acompanhamento familiar; atividades comunitárias, elaboração de relatórios e busca ativa”.

O prefeito de Cocal dos Alves, Osmar Vieira, destaca a importância do Novo Centro. “O novo CRAS vai resgatar as ações assistenciais no município, principalmente para idosos e crianças. É uma grande realização da Prefeitura no apoio às famílias”, comenta.

O CRAS é uma unidade de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social, que tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

O Centro tem como público prioritário em suas ações os beneficiários de algum benefício da assistência social, como por exemplo, o Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outros benefícios da Assistência Social, ou ainda famílias em situação de vulnerabilidade social devido a fragilização dos vínculos familiares ou com a comunidade.

07 de agosto de 2015

Campeã de matemática é de escola em Cocal dos Alves

Campeã de matemática é melhor colégio ‘pobre’ do país

A escola de ensino médio Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves, no Piauí, teve o melhor desempenho do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2014 por Escola se considerarmos apenas as instituições com indicadores socioeconômicos baixos ou muito baixos. As notas das escolas foram divulgadas pelo MEC (Ministério da Educação) na quarta-feira (5).

escola-estadual-augustinho-brandao-de-cocal-dos-alves-no-piaui-a-melhor-escola-publica-e-pobre-do-brasil-1438827343496_615x300

Comemorar as vitórias faz parte da estratégia para manter a motivação

O colégio público estadual do interior piauiense é um recordista de prêmios em Olimpíadas Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) com mais de 150 medalhas.

UOL contou a história da escola Augustinho Brandão em outubro do ano passado. Na época, a diretora Aurilene Vieira Brito afirmou que, para fazer uma instituição de ensino de qualidade, “bastou” juntar um grupo de professores cheios de vontade de mudar uma cruel realidade social.

Dez meses depois da entrevista, Aurilene insiste em dizer que o trabalho tem que ser duro, mas que a equação que leva uma escola de um rincão pobre do país a ter sucesso é simples.

Divulgação

“[O bom resultado no Enem] É simplesmente a continuação de um trabalho focado com objetivos bem definidos. É da nossa responsibilidade de dar aula normalmente e do jeito que tem que ser”, afirmou, antes de dar o segredo. “A gente se planeja”.

Talvez seja isso. Para manter funcionando a escola estadual piauiense com o melhor desempenho no Enem, Aurilene mantém a motivação elevada.

Do lado dos professores — que, é bom lembrar, recebem o mesmo salário que qualquer docente da rede estadual de ensino –, o segredo é mostrar como eles fazem diferença em uma comunidade até pouco tempo desesperançada.

Assim que obteve os resultados do Enem por Escola, a diretora convocou uma reunião com os professores para apresentar os números e animá-los a continuar o trabalho.

“Eu disse a eles: ‘quando a gente é negligente em relação aos números, somos negligentes em relação às pessoas’. Temos muita consciência disso. Somos formadores de seres humanos para o mundo”, afirmou Aurilene.

Claro que não basta motivar apenas os professores. É preciso também deixar os alunos com gana de estudar. E, em relação aos estudantes da escola Augustinho Brandão, haja vontade. Para prestar o Enem, eles têm de pegar um ônibus, fornecido pela escola, e viajar cerca de uma hora e 20 minutos até a cidade de Piracuruca. No ano passado, 34 alunos toparam fazer a aventura.

A escola não apenas ajuda os alunos no transporte, mas, depois que eles conseguem passar em vestibulares no Estado, também continua auxiliando os